domingo, 19 de abril de 2009

Perfil dos Palestrantes do 1º Seminário Regional de Formação Política PT Santiago/RS

Deputado Estadual Fabiano Pereira
Votação em 2006: 38.900 votos Nascimento: 01/08/1973 Cargos: Corregedor Geral da Assembléia, Vice-presidente da Comissão de Serviços Públicos e membro titular da Comissão de Saúde e Meio Ambiente

Reeleito para o seu segundo mandato, o deputado Fabiano Pereira é o primeiro petista da história a presidir a Assembléia Legislativa. No mês de janeiro de 2007, quando esteve no comando do Parlamento, Fabiano coordenou o Seminário Reforma Política, Pacto Federativo e Legitimidade Parlamentar", cujos debates resultaram na redação da Carta de Porto Alegre, documento entregue ao Congresso Nacional e Governo Federal contendo um conjunto de propostas visando a melhoria de todo o sistema político do país.
Referendado por 38.900 votos conquistados em mais de 348 municípios gaúchos, o deputado Fabiano Pereira vem reforçando algumas das lutas que foram marcas de seu primeiro mandato, como nas áreas de segurança pública, saúde, a defesa das mais diferentes classes de trabalhadores, além da realização da Jornada Contra a Violência e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.
O deputado quer aprofundar a relação e ampliar ainda mais a sua condição de representante da região central, bem como priorizar as ações em prol de um desenvolvimento sustentável para o estado, através do apoio a instalação de indústrias e empresas que propiciem a geração de emprego e renda, mas que estejam atentas à preservação do meio ambiente e à renovação dos recursos naturais. Outra das prioridades do mandato será o incentivo à atração de investimentos em torno da temática do biodiesel.
Atualmente, é membro titular da Comissão de Constituição e Justiça e da Comissão de Serviços Públicos. Já foi presidente da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos, em 2004, e também integrou a Comissão de Saúde e Meio Ambiente. Foi, ainda, 1º vice-presidente da Assembléia Legislativa em 2006.
Em 2008, presidiu e conduziu os trabalhos da CPI do Detran, que investigou e apontou responsáveis pelo desvio de mais de R$ 44 milhões dos cofres públicos do Estado.
Histórico Com apenas 29 anos, Fabiano Pereira foi eleito para o primeiro mandato na Assembléia como uma das revelações das eleições de 2002 e como uma das principais lideranças do PT na Região Central do Estado. O mais jovem deputado estadual petista possui uma trajetória importante na luta dos movimentos sociais. Desde a adolescência, foi engajado na militância da Pastoral da Juventude Estudantil e dos movimentos estudantis, chegando a presidente da USE (União Santamariense dos Estudantes) e Secretário Geral da UBES (União Brasileira dos Estudantes Secundaristas), em plena mobilização "Fora Collor". Assumiu seu mandato de vereador em Santa Maria em janeiro de 2001 e, em junho do mesmo ano, a Secretaria de Saúde. Coordenou a elaboração de projetos estratégicos para a cidade, como a reabertura da Casa de Saúde, o Centro Regional de Referência em Saúde do Trabalhador e o Hemocentro Regional, inaugurado em 2006.

Deputado Federal Paulo Pimenta
Nome completo: Paulo Roberto Severo Pimenta.
Naturalidade: Santa Maria (RS), em 19/03/1965.
Atuação profissional: Jornalista e Técnico Agrícola.

Mandatos Eletivos:
Pimenta foi vereador pelo PT em Santa Maria (RS) por dois mandatos consecutivos: de 1989 a 1992 e de 1993 a 1996.
De 1999 a 2000 foi Deputado Estadual.
Em 2000 foi eleito Vice-Prefeito da cidade, cargo que ocupou de 2001 a 2003, quando foi eleito Deputado Federal para mandato até 2007.
Em 2006 foi eleito novamente Deputado Federal, para um mandato que se encerra em 2011.

Filiações Partidárias:
Pimenta é filiado ao Partido dos Trabalhadores desde 1985.

Atividades Partidárias:
Na Executiva do PT de Santa Maria, Pimenta ocupou as funções de Secretário de Comunicação Social (1986 a 1987), de Secretário de Organização (1988 a 1989) e de Presidente (1990 a 1991).
Foi também Líder da Bancada e Líder da Oposição, funções parlamentares exercidas na Câmara de Vereadores.
No Diretório Estadual do PT, Pimenta foi Membro Titular (1995 a 1997 e 2002 a 2004), e Vice-Presidente (1997 a 1999). De 2003 a 2005, Pimenta foi também Vice-Líder do PT na Câmara Federal.

Atividades Profissionais e Cargos Públicos:
Pimenta ocupou o posto de Chefe de Gabinete de Deputado Estadual na Assembléia Legislativa do RS (1997 a 1998).
Na Prefeitura Municipal de Santa Maria, Pimenta foi Secretário-Geral de Governo (2001 a 2002) e Secretário de Finanças (2001 a 2002).

Estudos e Graus Universitários:
Pimenta cursou Agronomia na Universidade Federal de Santa Maria (1983 a 1986, sem concluir).
A partir de 1990, cursou também Comunicação Social – Jornalismo na mesma Universidade, curso que conclui em 1994.

Atividades Parlamentares:
Na Câmara Municipal de Santa Maria, Pimenta ocupou cargos pertencentes à Mesa Diretora (Segundo-Vice-Presidente e Vice-Presidente). Participou também das seguintes Comissões: Comissões de Constituição e Justiça e Cidadania (Presidente e Vice-Presidente); Comissão de Elaboração do Regimento Interno (Relator); Comissão de Serviços Públicos (Presidente); Comissão Especial Encarregada de Elaborar o Novo Plano Diretor do Município (Presidente); Comissão Permanente de Educação, Cultura e Tecnologia da Constituinte Municipal (Presidente); Comissão Permanente de Justiça e Defesa dos Direitos Humanos (Presidente).
Na Assembléia Legislativa gaúcha, Pimenta atuou nas seguintes Comissões: Comissão de Constituição e Justiça (Suplente); Comissão de Finanças e Planejamento (Presidente); Comissão da Metade Sul (Titular); Comissão Parlamentar de Inquérito de Combate ao Crime Organizado (Presidente); Comissão de Serviços Públicos (Titular).
Na Câmara dos Deputados, Pimenta fez parte das seguintes Comissões: Comissão Parlamentar Mista de Inquérito: Evasão de Divisas (Titular). Comissões Permanentes: Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (Suplente); Constituição e Justiça e de Redação (Titular); Finanças e Tributação (Suplente); Fiscalização Financeira e Controle (Titular); Relações Exteriores e de Defesa Nacional (Titular); Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado (Titular); Trabalho, Administração e Serviço Público (Titular); Viação e Transportes (Suplente). Comissões Especiais: ALCA – Área de Livre Comércio das Américas (Suplente); Crise da Parmalat (Titular e Suplente); MSC 183/04, Convenção da ONU Contra Corrupção (Titular); PEC nº 40/03, Reforma da Previdência (Suplente); PEC nº 41/03, Reforma Tributária (Suplente); PEC nº 227/04, Reforma da Previdência (Suplente); PEC nº 228/04, Reforma Tributária (Suplente); PEC nº 255/04, Reforma Tributária (Suplente); PL nº 2.401/03, Biossegurança (Titular); PL nº 7.200/06, Reforma Universitária (Suplente); Reforma Tributária (Suplente). Comissões Externas: Controle de Tráfego Aéreo (Titular); CPI: Tráfico de Armas (Titular e Relator).

Atividades Sindicais, Representativas de Classe e Associativas:
Pimenta teve forte atuação no Movimento Estudantil, sendo Presidente do Grêmio do Colégio Agrícola (1981); Vice-Presidente do Diretório Acadêmico Orlando Nobre, da Faculdade de Agronomia (1984 a 1985); Presidente do Diretório Central dos Estudantes – DCE (1985-1986), todos da UFSM; e Vice-Presidente da União Estadual de Estudantes do Rio Grande do Sul – UEE/RS (1986-1987).

Conselhos:
Pimenta foi Conselheiro Acadêmico do Centro de Ciências Rurais (1983 a 1984); do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (1984 a 1985), e do Conselho Universitário (1985 a 1987), todos da UFSM.

Missões Oficiais:
Pimenta participou dos seguintes eventos em caráter de Missão Oficial: I Encuentro del Comité de Integración y Solidariedad de los Parlamentos Municipales Latinoamericanos, em Rosario, Argentina (1991); Festival 2000 da União Internacional da Juventude Socialista, em Malmo, Suécia (2000); Palestra Orçamento Participativo, na Universidade Católica de Lyon, França (2000).
Pimenta foi também: integrante da Comitiva Presidencial em viagem oficial a cinco países do Oriente Médio (2003); membro da Comitiva que reuniu parlamentares, cientistas e representantes do Governo Federal para estudo dos métodos de avaliação e regulamentação de OGM’s (Organismos Geneticamente Modificados) nos EUA e África do Sul (2003); participante de Missão Oficial da II Conferência Nacional sobre Políticas de Drogas, em Buenos Aires, Argentina (2004); membro da Comitiva da Cooperativa Central Gaúcha de Leite, em visita à República da China (2004); representante da Câmara dos Deputados em viagem oficial de estudos sobre Segurança Pública, à Barcelona, Espanha (2006), e Bogotá e Medellín, Colômbia (2007).

Deputado Estadual Ivar Pavan
Está no quarto mandato. Em sua trajetória parlamentar foi líder da bancada e do Partido dos Trabalhadores por sete anos e líder do governo Olívio Dutra por três anos.Junto à Bancada do PT participou de lutas históricas pelo fim da aposentadoria dos deputados; a extinção do duplo pagamento pelas convocações extraordinárias e redução do recesso parlamentar.Com origem nos movimentos sociais, foi presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Aratiba, dirigente regional e estadual da CUT, coordenou o MAB, apoiou a criação da Fetraf e integrou a direção regional e nacional do PT.É apoiador de lutas de diferentes categorias urbanas e rurais. Exercita o diálogo sem abrir mão dos seus compromissos. Franco em suas posições e firme nos argumentos, contribui com entidades em diferentes negociações com governos e empresários.Pauta sua atuação na garantia de políticas públicas. Sempre esteve presente nas lutas que conquistaram avanços fundamentais para a agricultura familiar, como o Pronaf, aposentadoria rural, seguro agrícola estadual e federal e habitação rural.Na saúde, foi o primeiro deputado gaúcho, ainda em 1993, junto com os movimentos populares e sindicais, a aprovar 10% do orçamento para a Saúde. Apresentou Projeto de Lei que visa a garantir ambientes saudáveis de trabalho e prevenir as doenças profissionais. Contribuiu na criação da Uergs, em 2000 e integra a coordenação do movimento que busca uma universidade federal para atender ao Norte gaúcho, atualmente é o presidente da Assembleia Legislativa do RS.

Valdeci Oliveira
Nascido em São José da Porteirinha, localidade que hoje fica no interior do município de Dilermando de Aguiar, mas que na época pertencia ao município de Santa Maria-RS. Iniciou sua carreira política como Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Santa Maria e Presidente da Associação Comunitária da Vila São João também em Santa Maria na década de 80. Se elegeu vereador por duas vezes na cidade, deputado federal, por duas vezes, se eleger prefeito de Santa Maria também por dois mandatos.
Olívio Dutra
Casado com a professora Judite, tem dois filhos. É formado em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e aposentado como bancário do Banco do Estado (Banrisul).A eleição de Olívio Dutra para a prefeitura de Porto Alegre, em 1988, marcou a chegada do Partido dos Trabalhadores (PT) a capital do Rio Grande Sul, onde administrou por 16 anos.Missioneiro de Bossoroca, hoje com 64 anos (nascido em 10 de junho de 1941) , Olívio Dutra iniciou a vida política no movimento sindical no período da ditadura militar. É um dos fundadores do PT gaúcho, tendo liderado a primeira greve de trabalhadores bancários no estado, desafiando o regime militar.Os cargos eletivos começaram em 1986, quando foi eleito deputado federal constituinte. Na ocasião, atuou em conjunto com o presidente Luis Inácio Lula da Silva e a bancada do Partido dos Trabalhadores, na elaboração da nova Constituição Federal do Brasil.No ano seguinte, assumiu a presidência nacional do PT. Em 88, venceu a eleição para a Prefeitura de Porto Alegre. Na gestão da capital, sua medida de maior destaque foi à implantação do orçamento participativo, no qual assembléias com moradores decidem o que fazer com os investimentos municipais. A experiência virou marca do PT e foi exportada para mais de 70 cidades e alguns estados.Outra medida de impacto foi o saneamento das contas públicas. Quando assumiu, o déficit financeiro estava em cerca de 35% nos cofres municipais. A folha de pagamento consumia 90% da arrecadação. Para fazer frente às dificuldades, Olívio propôs o reordenamento dos impostos municipais, em especial do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).O novo sistema arrecadador, aliado ao aumento das verbas garantido pela Constituição de 1988, permitiu o saneamento financeiro da prefeitura. Com as contas em dia, foi possível investir na melhoria da rede de saneamento básico, atendendo em especial às vilas populares.Em 1994, perdeu a disputa pelo governo do Estado para o peemedebista Antônio Britto. Em 1998 disputa novamente contra Britto e vence as eleições, levando ao Palácio Piratini o governo democrático e popular.Em 2002, disputou as prévias internas do PT para candidatar-se à reeleição ao governo. Tarso Genro é eleito candidato do partido. Em 2003 é nomeado pelo presidente Luis Inácio Lula da Silva, Ministro de Estado das Cidades.Em 2005, disputado o Processo de Eleições Diretas do PT elegendo presidente do PT gaúcho com 86% dos votos.

Vereador Jorjão
Nome completo Jorge Trindade Soares , casado, morador do núcleo habitacional Fernando Ferrari, é graduado em geografia pela UFSM e também é técnico Administrativo na mesma instituição, foi Líder sindical, membro da coordenação da assufsm, líder comunitário em camobi e adjacências, Ajudou a restaurar o centro comunitário e atender demandas da comunidade através de sua participação ativa nas assembléias do orçamento participativo. Desenvolve projetos que buscam geração de trabalho e renda como o curso de noções em artes gráficas para adolescentes. Tem contribuído na construção de áreas de lazer e outros eventos como: Natal na Praça, Dia das Crianças, Campanha do Agasalho, Academia Popular, Páscoa das Crianças e Carnaval Comunitário entre outros. Na Legislatura de 2004/2008 foi o primeiro suplente, assumindo a vaga de vereador se reelegendo com quase 4 mil votos na legislatura 2009/2013.

Obs: Lembrando que o Seminário se realiza dia 25 de Abril de 2009, apartir das 9:00hs na Associação dos Inativos da Brigada Militar.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog