domingo, 18 de outubro de 2009

Onde o Presidente é Povo e o Povo é Presidente!


Presidente Lula durante encontro com trabalhadores das obras do Eixo Norte, em Cabrobó (PE). Foto: Ricardo Stuckert/PR

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Deputado Fabiano Pereira na Expo Santiago


Neste sabádo dia 10 o deputado estadual Fabiano Pereira estará visitando a Expo Santiago, juntamente com o Vice-Prefeito de Tupanciretã Cristiano Rodrigues Aquino, primeiro os dois estaram na sede do Partido (PT) às 19:00 horas reunidos com filiados, simpatizantes e interessados, onde havera uma breve aviliação da situação política nacional, estadual e as expectativas para as eleições do ano que vem, como tambem atenderam a imprensa local, os companheiros blogueiros sintan-se convidados. Paritcipe!

CRISTIANO RODRIGUES AQUINO Pré-candidato a Deputado Estadual


Natural de Tupanciretã, 33 anos, casado com Jocelene da Sil-veira Aquino, dois filhos: João Pedro, cinco anos e Estevão, três meses.
Trabalhou como frentista de posto de gasolina por sete anos, iniciando sua militância política ao filiar-se ao Partido dos Trabalhadores, no ano de 1996, foi Presidente do PT por três mandatos, também exerceu o cargo de Secretário de Organização da Regional Centro do PT.
Tem formação de Técnico em Contabilidade e recentemente concluiu o Curso de Direito pela UNICRUZ em Cruz Alta.
Sua vida política sempre aliada às comunidades da Igreja. Cristiano Aquino participou da Pastoral da Juventude durante vários anos e hoje faz parte da Pastoral Familiar e é Tesoureiro da Paróquia Mãe de Deus de Tupanciretã.
Participou em Santa Maria da ECEP: Escola Cristã de Educa-ção Política. E foi um dos fundadores da COOPERTERRA e auxilian-do também na organização da APAT:Associação dos Pequenos Agriculto-res de Tupanciretã.
Foi eleito como primeiro vereador da história do PT em Tu-panciretã no ano de 2000 exercendo um mandato comprometido com as classes populares. Exerceu também o cargo de Diretor da Câmara Munici-pal de Vereadores.
No ano de 2006 assumiu o cargo de Vice-prefeito, bem como a Secretaria de Coordenação, Planejamento e Trânsito, desenvolvendo um trabalho direcionado à elaboração de projetos e a busca de recursos, sempre reservando um espaço especial para atendimento à comunidade.
No ano de 2007 assumiu como Interventor do Hospital de Ca-ridade Brasilina Terra colaborando significativamente para que esta Casa Hospitalar continuasse funcionando. Em 2008 foi reeleito Vice-Prefeito de Tupanciretã e atualmente desempenha a função também de Secretário Mu-nicipal de Saúde.

sábado, 3 de outubro de 2009

Remuneração dos Deputados do RS

Base Legal: Lei 12.739, de 1º de junho de 2007.

1. Subsídio Mensal: R$ 11.564,76.

2. Ajuda de Custo: o valor do subsídio mensal, uma no início outra no final da sessão legislativa.

3. No mês de dezembro, será pago o valor de um subsídio mensal proporcional ao efetivo comparecimento do deputado estadual às sessões realizadas até 30 de novembro.

4. Descontos Obrigatórios:
- Imposto de Renda: Alíquota de 27,5%
- INSS: Alíquota de 11%

Diárias (nacionais e internacionais)
 Nacionais: 
                   - Dentro do Estado: R$ 462,59
                   - Fora do Estado: R$ 578,23

 Internacionais: 
                   - Países da América do Sul, exceto localidades limítrofes com o Rio Grande do Sul: U$ 300 
                   - Países da Europa, África, Ásia e Oceania: 400 € 
                   - Demais Países: U$ 400 





quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Aprovação a uma Farsa

 Muito mais importante do que responder a palavras chulas e intervenções desqualificadas é fundamental que a sociedade Santiaguense tenha conhecimento sobre o que de fato está acontecendo com o orçamento do nosso município, como está o fluxo de repasses federais e o que levou o Prefeito a mandar embora vários estagiários e CCs, além de adotar outras medidas de enxugamento de despesas.
Humildade e autocrítica são qualidades que poucos Administradores Públicos possuem, muito antes de jogar responsabilidades a outros entes federados é preciso reconhecer e enfrentar os vícios e desmandos praticados nos Municípios. CCs, estagiários, terceirizados, além do necessário, ajudam a eleger, porém inviabilizam e consomem importantes recursos que poderiam serem utilizados em investimentos.
Seria querer demais que o Prefeito Julio Ruivo tivesse a grandeza e a coragem de vir a público denunciar os erros que as administrações anteriores, seus companheiros, cometeram ao longo dos últimos 12 anos e que agora prejudicam em muito a sua administração. O inchamento da máquina, a renegociação das dívidas com AES SUL, INSS, FAPS (contestar valores é necessário, mas não depositar recursos para honrá-los é uma irresponsabilidade), os “serviços” prestados por terceiros, os convênios,...
Quanto a Prefeitura repasse a URI Santiago, equipe de Futsal, para custeio de suas despesas?  Por é repassado R$ 5.700,00 mensais para o Conselho Municipal de Desenvolvimento (COMUDE), entidade sem nenhuma iniciativa concreta e visível de geração de trabalho e renda, a não ser a “Consulta Popular” do Governo do Estado?  Quanto o Município repassa anualmente a PRT pelo recolhimento do LIXO? Qual o montante de receita própria?  Enfim, são muitas verdades que a sociedade Santiaguense desconhece.
Não posso me manifestar sobre repasses estaduais, já que não há fonte de pesquisa, porém, tudo o que vem do Governo Federal está transparecido no site www.portaldatransparencia.gov.br, são montantes muito superiores a qualquer momento da história da nossa cidade, fruto do reconhecimento, da valorização  e da importância que o nosso governo da aos Municípios, pois vê neles como a base da implementação das políticas sociais. 
Além dos recursos transferidos diretamente aos cofres do Município, outras iniciativas do Governo Federal movimentam nossa economia via geração de impostos, de trabalho e de renda são os reajustes do funcionalismo federal, os incentivos à construção civil, o aumento do volume ao crédito agrícola,  os mais de dois milhões do Bolsa Família, as isenções do IPI, o Programa LUZ PARA TODOS, os ganhos reais do salário mínimo,  o grande número de projetos do Município contemplados, ... demissão de CCs e de Estagiários é sempre bem aceito pela sociedade, pois eles são visto como desperdício do dinheiro público, porém não pode buscar apoio popular sonegando a verdade e repassando responsabilidades aos outros, muito antes de querer culpar o Governo Federal a Administração local deveria fazer o dever de Casa. Qualquer sociedade evolui na medida em que democratizamos  informações e opiniões, acesse o site mencionado, verifique a quantidade de recursos e convênios que Santiago se beneficiou sem a devida divulgação, sequer soubemos onde foram aplicados.

Antônio Bueno (Ex-vereador-PT)
Obs: Recebi por Email este texto, onde o companheiro Antônio Bueno faz uma reflexão sobre a atual situação do nosso município.

Arquivo do blog