sábado, 17 de setembro de 2011

Inscrições para curso pré-vestibular gratuito estão abertas

Na Capital, o lançamento do curso para estudantes de baixa renda ocorreu no dia 5 de setembro - Foto: Paola Marcon
A disputa por uma vaga no curso pré-vestibular gratuito Universidade Já, oferecido pelo governo do Estado, por meio da Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos, começou na última quarta-feira(14). Serão oferecidas 500 vagas para Porto Alegre e 250 para Santa Maria. As inscrições serão feitas através dowww.universidadejars.com.br. Podem se inscrever os estudantes que estão cursando o terceiro ano ou tenham concluído o Ensino Médio em escola pública, sem ainda terem ingressado na universidade. É preciso ter disponibilidade para frequentar as aulas de segunda a sexta-feira, no respectivo horário de aula da unidade do curso escolhido pelo candidato.
Os critérios de seleção são o histórico escolar do Ensino Médio e a renda socioeconômica familiar. Os dados são avaliados, e quem tem as melhores notas e, comprovadamente, menor condição de pagar um curso particular tem preferência para a vaga. Não é aplicada prova. As inscrições se encerram no dia 30 de setembro, e as aulas têm início em 5 de outubro.
O projeto será desenvolvido pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária (Fapeu), que há oitoanos oferece o curso junto à Universidade Federal de Santa Catarina(pré-vestibular da UFSC). Naquele Estado, o projeto tornou-se o principal curso preparatório para o vestibular, com 64% de aprovação entre os estudantes, em2011. Este ano, o projeto atende 5 mil alunos e está presente em 29 cidades catarinenses.
De acordo com o Secretário daJustiça e dos Direitos Humanos, Fabiano Pereira, a intenção é oferecer um curso de alta qualidade aos estudantes de baixa renda. “Trata-se de um curso de ponta que não perde em nada para as instituições particulares, tanto em material didático quanto em professores gabaritados. Queremos que esses alunos tenham iguais condições de acesso ao Ensino Superior, pois isso muda a realidade da universidade e do país”, afirma Fabiano.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog