sexta-feira, 2 de setembro de 2011

RS – Expointer 2011

Tarso diz que presença de Dilma na Expointer marca novo momento na relação com a União
Com um discurso de fortalecimento da agricultura familiar e do agronegócio, a presidente Dilma Rousseff participou, nesta sexta-feira (2), da inauguração oficial da 34ª Expointer. Realizada na Tribuna de Honra do Parque Assis Brasil, em Esteio, a solenidade, que contou com a presença do governador Tarso Genro e do ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro Filho, foi marcada por elogios à retomada do diálogo entre Estado e o Governo Federal.
Cercado por autoridades em frente à pista central, o governador disse que é um orgulho contar com a presença da presidente na inauguração da Feira. Tarso frisou que a cerimônia reflete um pacto político “de reordenamento da economia produtiva do Estado” que visa o crescimento e o desenvolvimento. “O RS reordena, a partir desse pacto interno, a nossa relação com o Governo Federal. Essa nova relação está espelhada na sua presença”, afirmou, em referência à presidente.
Ao defender o crescimento econômico com distribuição de renda, Tarso frisou que os efeitos podem ser notados nos setores de produção, desde a agricultura familiar aos produtores pecuários e proprietários de pequenas, médias e grandes propriedades. “A conexão da indústria aqui no Estado, com a qualificação da nossa produção, ocorreu a partir do momento em que nós, por meio do governo Olívio Dutra, colocamos aqui dentro um espaço muito importante para a agricultura familiar”, lembrou.
À vontade na tribuna, Dilma enfileirou elogios à Expointer, ‘que reúne o que há de melhor’ em produção e tecnologia, tanto na exposição de animais quanto na de produtos e máquinas agrícolas. “A capacidade de inovação e a qualidade estão impulsionando a economia gaúcha e fortalecendo o projeto de desenvolvimento sustentável do RS e do Brasil”, comparou, acrescentando que a perspectiva de vendas é de R$ 850 milhões. Dilma frisou, no entanto, que os números são compatíveis com a agropecuária do RS.
Embora reconheça as virtudes do agronegócio, a presidente destacou as medidas adotadas pelo Governo Federal por meio do Plano Safra. “Estamos colocando R$ 107 bilhões na forma de crédito, à disposição da agropecuária para financiamento, custeio, investimento, comercialização e infraestrutura produtiva”. Conforme a presidente, o Plano Safra 2011/2012 da Agricultura Familiar aplicará R$16 bilhões. “No Plano Safra de 2003/04, o valor para o agronegócio era de apenas 27 bilhões e para a agricultura familiar de 4,5 bilhões”, comparou
Além de destacar o diálogo com os diferentes setores do agronegócio, Dilma disse que o Governo rompeu nos últimos anos com falsos conflitos, que opunham desenvolvimento com distribuição de renda. “Provamos também que o agronegócio devia crescer juntamente com a agricultura familiar, e que juntos acabariam criando o círculo virtuoso de crescimento e geração de renda. O volume recorde de recursos deste ano faz jus à importância e ao trabalho dos agricultores brasileiros”.
O ministro Mendes Ribeiro elogiou o esforço do governador e do secretário da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento, Luiz Fernando Mainardi, na realização da Expointer e a ‘pujança da agricultura’ gaúcha. Ele garantiu ainda que o Estado contará com um parceiro na Pasta. “O senhor (Tarso) terá no ministro da Agricultura mais do que um parceiro, terá um aliado. Seus desafios serão os nossos desafios”, destacou.
Texto: Felipe Bornes Samuel
Foto: Camila Domingues/Palácio Piratini
Edição: Redação Secom

Nenhum comentário:

Arquivo do blog