segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Força Presidente!

Lula o Presidente que deu voz ao Povo brasileiro: Envie sua mensagem de Apoio

 Lula cumprimenta trabalhadores de estaleiro após palestra no Sinaval, no Rio. Foto: Ricardo Stuckert/
Instituto Lula.

Português
Envie sua manifestação de solidariedade, carinho e incentivo ao ex-presidente LULA, eu já enviei a minha.
Para enviar mensagens para o ex-presidente foi criado o e-mail:  saudelula@icidadania.org

English
Send your expression of sympathy, affection and encouragement of former President Lula, I already sent mine. 
To send messages to the former president was set up e-mail:  saudelula@icidadania.org

Español
Envíe su expresión de simpatía, afecto y aliento del ex presidente Lula, que ya envió la mía. 
Para enviar mensajes a la ex presidente fue creado por e-mail:  saudelula@icidadania.org

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Mas que baita cagada...

Do fotografo do Jornal Expresso Ilustrado que foi cobrir o arrombamento da Câmara de Vereadores de Santiago e confundiu um chocolate mastigado com cocô. No calor do momento fez a foto e transformou a imagem em notícia. Acontece que todos os servidores da Câmara sabem que era um chocolate e não um cocô conforme saiu no jornal... Se fossem fezes, pelo menos deveria estar cheirando mal né? Isso sim é uma baita cagada!

Tirem suas próprias conclusões...
fonte: http://rafaelnemitz.blogspot.com/

Para rir um pouco, pois a duvida do arrombamento da câmara continua...

Charge

Quarto poder

Curso de formação política em Santiago

O Partido dos Trabalhadores de Santiago vai realizar um grande seminário de formação política. Para participar, não é preciso ser filiado. Basta se informar com os membros do diretório ou entrar em contato com Antônio Bueno, fone 9674-5385, ou Luiz Rodrigues, 8136-1361 ou 8127-7141. De Porto Alegre, virão membros do Setor de Formação Política do Diretório Estadual. O evento será no dia 26 de novembro, na Associação dos Aposentados da Brigada Militar (Greminho), à Rua Benjamin Constant, Bairro Maria Alice Gomes, das 9h às 17h. Haverá almoço no local. O valor ficará em torno de R$ 5.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Reforma do Estatuto do PT Aprovada no 4º Congresso

Dentre várias reformas interessantes feitas no meu partido estas duas abaixo gostei bastante, a primeira estimula a renovação a segunda mostra que nosso partido esta caminhando junto com as novas tecnologias, PT um partido inovador. 

Limitação de número de Mandatos Legislativos
* Fica Limitado a 3 (três) o número máximo de mandatos parlamentares consecutivos – vereador, deputado estadual e deputado federal. Começa a contar para vereador em 2012 e para deputados em 2014. 
* Fica Limitado a 2 (dois) o número máximo de mandatos consecutivos para o Senado, enquanto o mandato permanecer de oito anos. Começa a contagem em 2014.

Participação Digital
* Ficam incluídos os coletivos petistas nas redes sociais da Internet como Núcleos de base.

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Mais de 732 Livros para baixar

O Ministério da Educação disponibiliza mais de 732 obras em português gratuitas para baixar, basta acessar o site: www.dominiopublico.gov.br 

Solimar dos Santos Amaro - Diretor do Departamento Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas


Conheça mais um colega da Secretaria, formação acadêmica nas áreas de gestão de pessoas, psicologia e supervisão escolar, Solimar Amaro é o diretor do Departamento Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas. Amaro já atuou como diretor e professor de colégios da Rede Marista, além disso, foi conselheiro-diretor e vice-presidente das mantenedoras Maristas do Rio Grande do Sul, Brasília e Amazônia. Também foi conselheiro do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente(Conanda), diretor administrativo adjunto do Hospital da São Lucas e integrantedo Conselho de Curadores. Além do comprometimento educativo e reabilitativo, o diretor se dedica a causas sociais. Foi gerente Socioeducativo da Fundação Pão dos Pobres e atualmente é voluntario em um centro social no bairro Restinga e diretor-superintendente do Centro de Integração da Criança Especial (Kinder).

Entrada Proibida

Desde de que fui nomeado Assistente da Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos/RS, tenho visitado em Santiago varias entidades e ONGs que trabalham na defesa, proteção, direitos, cuidados, orientação... a pessoas que tenham seus direitos básicos ameaçados ou violados, quer pela própria família quer pela sociedade, dentre elas cito o Asilo Municipal, CRAS Missões, CRAS do Bairro Ana Bonato, Projeto Taifa, Conselho Tutelar, COMAD, CREAS, Coordenadoria Municipal dos Direitos da Mulher...pois mesmo conhecendo minha cidade, estas visitas tem me proporcionado um olhar muito mais detalhado sobre as boas iniciativas e idéias em funcionamento nesta questão de políticas publicas a este publico alvo, e afirmo em todas estas entidades fui muito bem recebido e atendido. E também dentro do possível articulo ações junto a Secretaria que venham a dar forças a estas entidades e o caso da vinda de Cesar Slaviero Coordenador Estadual das Políticas do Idoso um dos Palestrantes da Semana Municipal do Idoso, como a participação do secretario Fabiano Pereira no Seminário de Combate as Drogas Ilícitas em Santiago e São Vicente do Sul (a convite do Deputado Chicão), mas contando com todo o apoio da Secretaria. Mas Hoje dia confesso que fiquei perplexo, pois pela manha fui fazer uma visita no hospital de Caridade de Santiago, para conhecer melhor a entidade e seu trabalho, achei que ia ser muito valido para mim, já que trabalho na Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos, mas para minha surpresa esta entidade que eu achava ser aberta a comunidade, se mostrou a mais fechada, a ponto de duas pessoas da Administração que me atenderam, aparentavam estar nervosas me disseram que eu era proibido entrar como Assistente da Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos “Só com ordem judicial “ falou uma delas, ai eu fiquei a me perguntar? O Porque da proibição? Teria alguma coisa errada? Sei La confesso que não entendi, Já que como falei anteriormente a visita era apenas para conhecer melhor a entidade.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Dos beneficiários do Bolsa Família, 40% já deixaram o programa


Desistência do Bolsa Família por iniciativa própria chega a 40%
por Luciano Máximo,  do Valor, via blog do Nassif
Desde a criação do Bolsa Família, no fim de 2003, até setembro deste ano, 5,856 milhões de famílias deixaram de receber as transferências de renda do governo federal.
Os motivos para a saída do programa são os mais variados, mas cerca de 40% dos ex-beneficiários fazem parte de núcleos familiares que aumentaram sua renda per capita e não se enquadram mais na atual faixa de pagamento do benefício, destinado a grupos com renda mensal de até R$ 70 por pessoa ou rendimento individual mensal na faixa que vai de R$ 70 a R$ 140.
Outras dezenas de razões justificam o cancelamento da transferência no período, como por exemplo o não cumprimento de condicionalidades na área de educação e saúde (117 mil famílias), revisão cadastral não concluída (613,1 mil famílias) e até mesmo decisão judicial (20 mil famílias).
Nas contas do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), o estoque de famílias que tiveram as transferências canceladas por aumento de renda per capita é de 2,227 milhões nos últimos oito anos. Esse universo é composto principalmente por pessoas dentro do grupo que foram beneficiadas pela atual política de valorização do salário mínimo. Ao conseguir um trabalho formal elas podem ser identificadas pelos gestores municipais ou a partir da base de dados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais), do Ministério do Trabalho. Além disso, também se destacam pequenos empreendedores que montaram negócios e quem foi alcançado pela aposentadoria rural ou pelo Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC), que pagam um salário mínimo para ex-trabalhadores rurais, idosos e deficientes.
Tiago Falcão, secretário nacional de renda de cidadania do MDS, explica que as saídas não podem ser atribuídas somente aos benefícios pagos pelo Bolsa Família, que hoje variam de R$ 32 a R$ 306, dependendo do número de filhos, mas sustenta que o programa contribui para aumentar a renda. “Além disso, o Bolsa e outros programas de transferência de renda [previdência rural e BPC] chegaram definitivamente aos mais pobres, permitindo principalmente o aumento da renda do trabalho de forma combinada. Por isso tivemos efeitos interessantes na saída da pobreza”, comenta Falcão.
Ele ressalta que os dados de saída do Bolsa Família precisam ser vistos com cautela por se tratarem de um estoque. “Há sempre famílias entrando e saindo. E quem saiu pode ter retornado. E mesmo aqueles que alcançam o mercado formal de trabalho permanecem muito pouco tempo nessa situação, e para os grupos mais vulneráveis a rotatividade no emprego é ainda maior”, acrescenta Falcão.
A especialista no estudo da pobreza Lena Lavinas, professora do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), lembra que os cancelamentos do Bolsa Família justificados pelo aumento da renda per capita dos beneficiários não tiveram impacto global na folha de pagamento e no número de famílias assistidas, que há três anos varia entre 12,3 milhões e 12,8 milhões.
“Dados do Censo indicaram que o país tem mais de 16 milhões abaixo da linha de indigência [renda per capita mensal de R$ 1 a R$ 70], o que revela que a cobertura do Bolsa Família está aquém da demanda. Esse grupo está sempre entrando e provavelmente quem saiu não deveria ter saído por causa do alto grau de vulnerabilidade. O importante é que o governo federal reconheceu que o número de indigentes é maior do que se pensava e nem todos recebem o benefício”, diz Lena.
Para gestores municipais do Bolsa Família, o programa precisa ter políticas complementares mais eficientes em larga escala para garantir melhorias na qualidade de vida dos beneficiários e uma eventual inserção produtiva, como política de emprego, cursos de qualificação, ações de transferência de renda complementar. “Essas ações estão integradas entre União, Estados e municípios, mas essa integração aqui em São Paulo, onde temos uma grande estrutura e capacidade de gestão, é completamente diferente da de uma cidade do interior do Nordeste. Além disso, elas precisam ter um acompanhamento mais próximo, que é o que deve ocorrer com o Brasil sem Miséria”, opina Luis Fernando Francisquini, coordenador de gestão e benefícios da Secretaria Municipal de Assistência Social de São Paulo.
Fonte: http://www.viomundo.com.br/

COMAD - Em pleno Funcionamento em Santiago - A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, esta junto nesta Luta!


Realizada, na última sexta-feira, dia 14 de outubro, nas dependências da Câmara de Vereadores de Santiago, a primeira reunião do Conselho Municipal Antidrogas de Santiago (COMAD). Na pauta, questões iniciais importantes aos trabalhos do Conselho, como estruturação física e organizacional, propostas de atividades para a prevenção ao uso indevido de drogas no Município, criação de fundo para a captação e gerenciamento de verbas, interação e troca de experiências e atividades com outros Conselhos Municipais e o Conselho Estadual (CONEN), entre outros assuntos. O COMAD de Santiago decidiu pela realização de suas reuniões de forma a aceitar e incentivar a participação de toda a comunidade, possibilitando o recebimento de projetos e ações para a prevenção às drogas em Santiago.
O COMAD tem sede em sala própria junto à Câmara de Vereadores e se reunirá no próximo dia 04/11, às 8h30min. 
Compareça! Participe! Contribua pela luta contra as drogas em nosso Município! 


Atenciosamente,VLADIMIR HAAG MEDEIROSPresidente do COMAD 
Santiago/RS.comadsantiagors@gmail.com@COMADSantiagoRS (twitter)


Contribuição: http://serginhobueno.blogspot.com/

Charge

terça-feira, 11 de outubro de 2011

SER CRIANÇA



Ser criança
é ser Feliz,
correr,
brincar,
ser da vida
um aprendiz,
ter momentos mágicos,
amigos imaginários,
ter sujo o nariz.

Ser criança é ser feliz,
correr,
brincar até cansar

ser um petiz,
ser índio,
Cowboy,
ou mesmo
o mocinho,

é ser frágil,
forte,
passarinho,
ser menino,
menina,
sorridentes
é ter colinho.

É ter liberdade para voar,
fazer arte nas paredes,
dormir com o gatinho,

Ser crinaça é ser livre
para conquistar o mundo,
conhecer o mato,
pisar na água da chuva,
sujar de chocolate
o sofá da mamâe,

é fazer beicinho,
ser engraçadinho,
ser criança
é ser bem feliz.

É subir nas árvores,
ficar por um triz,
é fazer traquinagem
o dia todo,
a noite dormir
como um anjinho!

Daniel Fiuza
Feliz dia da Criança!

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

PT na TV e no Rádio

O PT gaúcho terá sua propaganda partidária gratuita veiculada no rádio e na TV nos dias 10, 12, 14 e 17 de outubro. Lideranças do partido vão falar da construção de um PT mais democrático a partir do 4º Congresso, das políticas públicas do governo Dilma e do governo Tarso e dos investimentos em educação, saúde e dos projetos de nossas administrações. No rádio, o presidente de honra do PT, Olívio Dutra fala do nosso partido e de sua construção democrática. 

INFORMATIVO DA SECRETARIA DA JUSTIÇA E DOS DIREITOS HUMANOS - OUTUBRO DE 2011

Apresentação
Criada pelo governo Tarso Genro com foco nos grupos mais vulneráveis, a Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos (SJDH) tem como papel desenvolver ações de efet ivação dos Direi tos Humanos, por meio da inclusão social, da geração de oportunidade e renda e do combate à violência e a todas as formas de intolerância e discriminação. A SJDH tem cinco departamentos: Administrativo, Direitos Humanos e Cidadania, Justiça, Programa Estadual de Proteção ao Consumidor (Procon) e Políticas Públicas sobre Drogas. O Departamento de Direitos Humanos e Cidadania conta com  cinco coordenadorias: Políticas para o Idoso, Juventude, Criança e Adolescente, Diversidade Sexual e de Igualdade Racial. Além disso, há dois órgãos vinculados à Secretaria da Justiça: a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Fase) e a Fundação de Articulação de Políticas para Pessoas com Deficiência e com Altas Habilidades (Faders). A seguir, conheça um pouco do trabalho da SJDH, especialmente na área da infância e da Juventude.

 POD Criança
 Criado para ampliar e democratizar os recursos do Fundo Estadual da Criança e do Adolescente (Feca). Agora, todas as pessoas podem doar e, com o aumento da arrecadação, mais instituições serão beneficiadas no Estado. O doador pode fazer uma simulação antes de contribuir e escolher a instituição ou município contemplado. As informações fiscais serão repassadas imediatamente à Receita Federal, evitando que os doadores caiam na malha fina. Em breve, será lançado o novo site, quando será divulgado o endereço para as doações.

POD Socioeducativo 
Voltado à ressocialização dos adolescentes da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Fase). Através do programa, os egressos da Fase recebem acompanhamento multiprofissional, apoio financeiro de meio salário mínimo e educação profissionalizante. Ao completar um ano no curso, os jovens recebem o certificado em uma profissão. É aplicado na Capital e nas outras sete cidades onde há unidades da Fase: Caxias do Sul, Novo Hamburgo, Santa Maria, Caxias do Sul, Pelotas, Uruguaiana e Passo Fundo. Os adolescentes aprendem profissões como secretariado, técnicas em informática, auxiliar administrativo, manutenção predial, mecânico e marceneiro. Boa parte dos jovens já sai empregada e com carteira assinada, inclusive antes de concluir o curso. 

POD Tutelar
O programa visa à capacitação dos conselheiros tutelares de todo o Estado para desempenhar um trabalho mais qualificado nas comunidades. Em 2011, cerca de 450 conselheiros serão beneficiados pela qualificação num investimento de R$ 340 mil. Realizado em parceria com a Fundação Escola Superior do Ministério Público, o curso é divido em dois módulos: básico e complementar.

Erradicação do Subregistro Civil 
Projeto incluído no Programa de Erradicação da Pobreza Extrema do Estado e executado pela Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos, prevê a instalação de postos de cartórios nas maternidades e um sistema integrado por computador para que as crianças sejam registradas já no momento do nascimento. Inclui também a capacitação dos servidores e uma grande campanha de conscientização junto às gestantes acompanhadas pela rede de saúde.

Uma nova política para combater e prevenir as drogas
Uma das mais importantes ações da SJDH neste primeiro ano de trabalho foi a criação do Sistema Estadual de Políticas Públicas Sobre Drogas. Aprovado no mês de março pela Assembleia Legislativa, o projeto prevê ações de combate e prevenção às drogas. Inovador no país, o sistema permitirá, por exemplo, que os carros apreendidos com o tráfico sejam usados em caráter provisório para o reaparelhamento das polícias civil e militar. Entidades que trabalham na recuperação de dependentes químicos ou na prevenção de drogas também poderão ser beneficiadas com os veículos. Os primeiros carros foram entregues à Polícia Civil de Santa Maria no mês de maio, durante a interiorização do governo. Já o dinheiro arrecadado com leilões dos bens apreendidos também poderá ser usado na construção de CAPS e investimentos em hospitais e comunidades terapêuticas que tratam de dependentes químicos. 

Contatos com a Secretaria:

Avenida Borges de Medeiros, 1501 - Praia de Belas
CEP 90119-900 - (51) 3288 7300
www.sjdh.rs.gov.br e-mail: sjdh@sjdh.rs.gov.br Twitter: @SJDH_RS

sábado, 8 de outubro de 2011

Vice-Prefeito de Unistalda Filia-se no PT

Ontem estive em Unistalda representando o Secretário da Justiça e dos Direitos Humanos Fabiano Pereira, junto com os companheiros Avelar e Ronaldo, na festa de recepção ao novo e ilustre filiado Moacir Antolini Vice-Prefeito de Unistalda. A festa contou com as presenças de Valdeci Oliveria Deputado Estadual, Sidi Coordenador da Regional (Jaguari), Clovis Presidente do PT Unistaldense dentre vários outros companheiros, na minha palavra aos participantes enfoquei as boas vindas ao companheiro Moacir Antolini e colocando a Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos a disposição do povo Unistaldense, meus parabéns ao PT de Unistalda pelo sucesso do evento e pelo novo companheiro. Abaixo veja algumas fotos do evento:
Novo Companheiro Moacir Antolini, Deputado Valdeci Oliveira e eu
Da esquerda para direita, Si, Clovis. Moacir Antolini, Valdeci, Sidi, Romolo e Sergio Marion
O futuro do PT de Unistalda Promete

terça-feira, 4 de outubro de 2011

O que é o PRONATEC

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) tem como objetivo expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos técnicos e profissionais de nível médio, e de cursos de formação inicial e continuada para trabalhadores. A medida intensifica o programa de expansão de escolas técnicas em todo o país. Além das 81 unidades que estão em execução e devem ser inauguradas neste e no próximo ano, o Governo Federal deve anunciar nos próximos dias outras 120. Com as 140 existentes até 2002, mais as 214 inauguradas no governo anterior, a rede federal deverá contar com cerca de 600 unidades escolares administradas pelos 38 institutos federais de educação, ciência e tecnologia e um atendimento direto de mais de 600 mil estudantes, em todo o país.
Além disso, o Pronatec visa a ampliação de vagas e expansão das redes estaduais de educação profissional. Ou seja, a oferta, pelos estados, de ensino médio concomitante com a educação profissional. Esta ação será abarcada pelo programa Brasil Profissionalizado, parte do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), que teve a adesão das 27 unidades da federação. Os recursos serão repassados para construção, reforma, ampliação de infraestrutura escolar e de recursos pedagógicos, além da formação de professores.

Outra ação importante é a ampliação da Escola Técnica Aberta do Brasil (E-Tec), que já instalou 259 polos em 19 estados até 2010, atendendo a cerca de 29 mil estudantes. Em 2011 serão mais de 46 mil vagas; mais de 59 mil em 2012; mais de 156 mil em 2013 e cerca de 173 mil em 2014.
Por intermédio do Pronatec será dada celeridade ao acordo firmado no governo anterior com o Sistema S (Sesi, Senai, Sesc e Senac), segundo o qual essas entidades devem aplicar dois terços de seus recursos advindos do imposto sobre a folha de pagamentos do trabalhador na oferta de cursos gratuitos. Dessa forma, as escolas do Sesi, Senai, Sesc e Senac receberão alunos das redes estaduais do ensino médio, que complementarão a sua formação com a capacitação técnica e profissional.

As escolas do Sistema S e das redes públicas também ofertarão cursos de formação inicial e continuada para capacitar os favorecidos do seguro desemprego que sejam reincidentes nesse benefício. Esta ação se aplica também ao público beneficiado pelos programas de inclusão produtiva, como o Bolsa Família.
O mesmo projeto de lei que cria o Pronatec amplia o alcance do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies), que passa a chamar-se Fundo de Financiamento Estudantil, com a mesma sigla. Assim, o fundo poderá prover mais duas linhas de crédito, sendo uma para estudantes egressos do ensino médio, outra para empresas que desejem formar seus funcionários em escolas privadas habilitadas pelo MEC ou no Sistema S. O funcionamento é similar ao do Fies do ensino superior, porém com 18 meses de carência e seis vezes o tempo do curso, mais 12 meses para pagamento.
Os recursos do programa virão do orçamento do Ministério da Educação, do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), do Sistema S e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O projeto de lei será encaminhado ao Congresso Nacional, onde tramitará em regime de urgência.
fonte: http://pronatecportal.mec.gov.br/

Artigo: Dia do Agente Comunitário de Saúde

O Dia Nacional do Agente Comunitário de Saúde, instituído pela Lei Federal 11.585/07, é comemorado em 4 de outubro. Para o Sistema Único de Saúde do Rio Grande do Sul, em 2011, esta data se converte em símbolo de relevância. São 8.214 profissionais que integram 1.222 Equipes de Saúde da Família nas cidades e mais 22 equipes em áreas índigenas.

Eles atuam diretamente na vida e na saúde das crianças, idosos, homens e mulheres de um Estado que promove a qualificação e ampliação da Atenção Básica através de uma Política de Incentivo Estadual que destinou, somente neste ano, R$ 40 milhões para as Unidades Básicas de Saúde e R$ 90 milhões para a Estratégia de Saúde da Família.

O trabalho efetivo dos agentes comunitários junto aos habitantes de territórios definidos, tanto nas cidades, como na área rural e em aldeias indígenas deve ser sempre merecedor de nossa homenagem. Por meio de suas visitas, levando a atenção, promoção, prevenção e cuidado à saúde, o agente comunitário torna-se também um protagonista na busca da redução da lotação nas emergências e leitos hospitalares.

Para que se alcance maior eficácia e resolutividade no sistema, é imprescindível que o número de agentes e equipes seja ampliado, que cada profissional seja valorizado, que seja instituída a educação permanente, e que se veja, de forma concreta, a melhoria e a qualificação das estruturas e equipamentos dos postos, em cada cidade, aldeia ou campo.

Atualmente a ESF cobre cerca de 33% da população gaúcha. A nossa meta na Secretaria Estadual da Saúde é chegar a 70% de cobertura e em 100% dos municípios do Estado. A previsão de investimentos totais em atenção básica, até o final de 2014, é de R$ 900 milhões. Destes, R$ 500 milhões serão destinados à Estratégia de Saúde da Família.

Da mesma forma, somente neste ano, o aumento do repasse aos municípios para a Atenção Básica foi mais que o dobro pago em 2010. Assim, reforçamos o suporte às Unidades Básicas à altura de sua importância e começamos a atacar o problema da baixa cobertura do Saúde da Família quando assumimos o Estado. Também modificamos os critérios, destinando mais verbas aos municípios com menor renda, em atendimento ao princípio de equidade que, aliado à universalidade e à integralidade, é o que torna o nosso Sistema de Saúde realmente único.

Ciro Simoni
Secretário Estadual da Educação
fonte: http://www.estado.rs.gov.br/

Banrisul contratará adolescentes da Fase como estagiários

Uma reunião entre o secretário da Justiça e dos Direitos Humanos, Fabiano Pereira, e o presidente do Banrisul, Túlio Zamin, ocorrida na última quinta-feira (8), definiu a contratação de adolescentes da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Fase) como estagiários do banco. Zamin interessou-se na parceria entre a Secretaria da Justiça e o INSS, que oportunizará emprego aos jovens da Fase em quiosques do órgão federal em Porto Alegre, e quer repetir a experiência no Banrisul. Equipes técnicas da Secretaria e do banco, que participaram da reunião, estão trabalhando na parceria e definindo em que setores os adolescentes deverão atuar.
 fonte: http://www.fase.rs.gov.br

Internet

Firmado pacto gaúcho pela banda larga democrática e de qualidade

Sociedade civil, empresários e gestores estaduais e municipais se reuniram no debate Plano nacional de Banda Larga, promovido pelo líder da bancada do PT, que ocorreu na Assembleia Legislativa do RS, deputado Daniel Bordignon, nesta segunda-feira (4). O encontro uniu os participantes em torno de um pacto, a Banda Larga democrática e de qualidade para todos. A proposta foi defendida pelo ativista da liberdade do conhecimento Marcelo Branco, ao final da atividade.

"Assim como o direito à educação, à saúde, o acesso à internet e às tecnologias de comunicação já podem ser considerados produtos básicos para o desenvolvimento da cidadania. Por um bom tempo, o conhecimento estava na escola. Hoje ainda está. Mas é preciso considerar que na internet há uma variedade infinita de fontes de conhecimento. O acesso à banda larga para todos e sua democratização é fundamental nesse sentido", disse Bordignon.

O vice-presidente da Procergs, Claúdio Dutra, e o diretor de Inclusão Digital da Secretaria de Comunicação Social do RS, Gerson Barrey, aproveitaram a oportunidade do debate para apresentar ao público o projeto InfoviasRS, que pretende desenvolver e democratizar o acesso à internet no estado.

Claúdio Dutra explicou que os compromissos deste programa são a universalização do acesso ao conhecimento, o compartilhamento e otimização das infraestruturas públicas e a qualificação da gestão pública. “Também é um objetivo nesse programa o fomento a industria da criatividade e a ampliação dos espaços democráticos e participativos”, completou Dutra.

Gerson Barrey disse a apresentação ao dizer que a promoção da inclusão digital contribui para desenvolvimento estado. “O governador Tarso Genro está atendo ao tema, por isso criou uma secretaria para impulsionar o tema da inclusão digital. Queremos promover a capacitação da população para o uso das tecnologias, aumentar a autonomia tecnológica e a competitividade gaúcha. Isso tem reflexo direto na redução de desigualdades, na geração de renda. Ainda há uma atenção especial para a cooperação com outros países, em especial a Argentina e o Uruguai”, enfatizou.

O ativista Marcelo Branco defendeu a neutralidade da rede, o que significa que o acesso a todas as informações que trafegam na rede devem ser tratadas da mesma forma, navegando na mesma velocidade e sem possibilidade de restrições. “A neutralidade é o princípio que garante o livre acesso a qualquer tipo de informação na rede. Sem a neutralidade pode-se tratar de forma discriminada alguns conteúdos e isso coloca empecilhos para a democratização. Isso é como colocar um taxímetro na rede. Eu defendo que o princípio da Internet seja livre. A neutralidade é um princípio que está desde a formação da web, por seu criador, Tim Berners Lee”, ressaltou Branco.

Também participaram do debate Rafael de Sá, presidente da Internet Sul, que reúne os provedores da web no estado, e Ivo Vargas, do Grupo Gente (Grupo de Empresas Nacionais de Tecnologia), representado os empreendedores da tecnologia da informação.

Por Josias Bervanger. 

Fonte: http://www.ptsul.com.br/t.php?id_txt=35892

Blog PT Santiago/RS

Acesse o blog do PT de Santiago
http://ptsantiagors.blogspot.com/

Charge

Agência Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA

A Agência
As justificativas do Governo Federal para criar as agências reguladoras são decorrentes de exigências sociais e políticas. Em função desta situação, houve uma diluição do papel da administração pública como fornecedor exclusivo ou principal de serviços públicos e, simultaneamente, um processo, ainda em curso, de regular atividades produtivas de interesse público mediante o estímulo à competição e à inovação, atuando preferencialmente no gerenciamento de recursos e na função de controle.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária foi criada pela Lei nº 9.782, de 26 de janeiro de 1999. É uma autarquia sob regime especial, ou seja, uma agência reguladora caracterizada pela independência administrativa, estabilidade de seus dirigentes durante o período de mandato e autonomia financeira. A gestão da Anvisa é responsabilidade de uma Diretoria Colegiada, composta por cinco membros.

Na estrutura da Administração Pública Federal, a Agência está vinculada ao Ministério da Saúde, sendo que este relacionamento é regulado por Contrato de Gestão.

A finalidade institucional da Agência é promover a proteção da saúde da população por intermédio do controle sanitário da produção e da comercialização de produtos e serviços submetidos à vigilância sanitária, inclusive dos ambientes, dos processos, dos insumos e das tecnologias a eles relacionados. Além disso, a Agência exerce o controle de portos, aeroportos e fronteiras e a interlocução junto ao Ministério das Relações Exteriores e instituições estrangeiras para tratar de assuntos internacionais na área de vigilância sanitária.
ANVISA ATENDE - 0800-642-9782

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Quem fiscaliza a venda de medicamentos em Santiago?

Ontem fui levar minha mãe para consultar, tudo certo até ai, mas quando fui comprar os medicamentos que o médico receitou, confesso que fiquei triste devido ao grande abuso das farmácias, pois na primeira farmácia me cobraram 90 reais por dois remédios, na segunda 80 reais, na terceira farmácia não mais de 30 metros da segunda 58 reais os mesmos medicamentos, mesma marca mesmo tudo. Ai fica minha indi-guinação e uma pergunta quem fiscaliza a venda de medicamentos em Santiago? pois a farmácia que vende a 58 reais o medicamento já esta ganhando, me diga quem vende a 90 reais? deve ser por isto que Santiago é cheio de farmácias, pois quem pensa em abrir uma, pensa vamos abrir em Santiago pois la colocamos o preço que queremos, ninguém fiscaliza mesmo, nossa comunidade esta sendo roubada e as autoridades parecem fechar os olhos para isto, nossa comunidade precisa de uma resposta firme para esta questão. 

sábado, 1 de outubro de 2011

Veja fotos do temporal que atingiu Santiago ontem a noite

http://www.novapauta.com/2011/10/os-rastros-do-temporal-em-santiago.html

http://rafaelnemitz.blogspot.com/2011/10/chuva-de-granizo.html

Estive presente no evento da Senadora Ana Amélia Lemos PP

Ontem estive no evento da Senadora Ana Amélia Lemos PP, a convite do professor e presidente do PP Santiaguense Ademar Canterle, como me explicou o professor Ademar, ela está como Senadora e assim sendo é Senadora de todos os gaúchos, gostaria de agradecer ao professor Ademar que mesmo sabendo da minha posição política de esquerda (Petista) me fez o convite, pois graças a Deus não tenho inimigos na política nem fora dela, o que tenho sim são adversários políticos, pessoas que pensam diferente de mim o que é normal numa democracia, e o convite feito a mim pelo Presidente do PP professor Ademar Canterle se deve a isto ao respeito com que tenho com meus adversários políticos. Também gostaria de relatar que a festa estava completamente lotada, com discursos equilibrados e respeitosos tanto por parte das lideranças como por parte da Senadora e um risoto maravilhoso e que fui muito bem recebido.

Arquivo do blog