segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Entrada Proibida

Desde de que fui nomeado Assistente da Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos/RS, tenho visitado em Santiago varias entidades e ONGs que trabalham na defesa, proteção, direitos, cuidados, orientação... a pessoas que tenham seus direitos básicos ameaçados ou violados, quer pela própria família quer pela sociedade, dentre elas cito o Asilo Municipal, CRAS Missões, CRAS do Bairro Ana Bonato, Projeto Taifa, Conselho Tutelar, COMAD, CREAS, Coordenadoria Municipal dos Direitos da Mulher...pois mesmo conhecendo minha cidade, estas visitas tem me proporcionado um olhar muito mais detalhado sobre as boas iniciativas e idéias em funcionamento nesta questão de políticas publicas a este publico alvo, e afirmo em todas estas entidades fui muito bem recebido e atendido. E também dentro do possível articulo ações junto a Secretaria que venham a dar forças a estas entidades e o caso da vinda de Cesar Slaviero Coordenador Estadual das Políticas do Idoso um dos Palestrantes da Semana Municipal do Idoso, como a participação do secretario Fabiano Pereira no Seminário de Combate as Drogas Ilícitas em Santiago e São Vicente do Sul (a convite do Deputado Chicão), mas contando com todo o apoio da Secretaria. Mas Hoje dia confesso que fiquei perplexo, pois pela manha fui fazer uma visita no hospital de Caridade de Santiago, para conhecer melhor a entidade e seu trabalho, achei que ia ser muito valido para mim, já que trabalho na Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos, mas para minha surpresa esta entidade que eu achava ser aberta a comunidade, se mostrou a mais fechada, a ponto de duas pessoas da Administração que me atenderam, aparentavam estar nervosas me disseram que eu era proibido entrar como Assistente da Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos “Só com ordem judicial “ falou uma delas, ai eu fiquei a me perguntar? O Porque da proibição? Teria alguma coisa errada? Sei La confesso que não entendi, Já que como falei anteriormente a visita era apenas para conhecer melhor a entidade.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog