sábado, 28 de abril de 2012

PT Regional do Vale do Jaguari - Presente e Organizado em 100% dos Municípios

Hoje pela manhã fui juntamente com os companheiro(a)s, Iara Castiel, Bueno e Volmar (Toco) a Jaguari para um Evento de Formação Política realizado e organizado pelo  PT Regional Vale do Jaguari, sendo em dois períodos pela manhã e a tarde, tendo um gostoso almoço no local, estavam presente várias lideranças entre elas, Cristiano Aquino - Diretor Estadual Procon/RS, Moacir Antolini Vice-Prefeito de Unistalda (PT), Milton Bolzan - Vice-Prefeito de Jaguari (PT), Davi Vereador de São Vicente do Sul (PT), Helenir Aguiar - Secretaria de Organização PT Estadual, Paulo de Tarso Riccordi - Jornalista e Militante, Fernando Lemos Pacheco - Advogado e militante, entre vários presidentes do Partido da região. Helenir Aguiar informou que o Partido dos Trabalhadores esta organizado em 466 municípios do estado faltando ainda 30 para atingir 100% , também enfatizou aos companheiros que somos um Partido Grande, pois temos o governo federal, estadual, maior bancada estadual, pesquisar indicam que nosso partido tem 32% de preferencia do povo brasileiro em segundo o PMDB com  8%. Parabenizo o PT  Regional Vale do Jaguari na pessoa do Presidente Sidi que ganhou um certificado de reconhecimento por seu trabalho na Regional, pois o partido estar organizado e presente em 100% da nossa regional. Abaixo fotos do Evento:
Companheiro(a)s participantes
Formação da Mesa
 Helenir Aguiar - Secretaria de Organização PT Estadual/RS e Eu
 Eu e Fernando Lemos Pacheco - Advogado e Militante a 30 anos
 Fernando Lemos Pacheco - Legislação Eleitoral
 Paulo de Tarso Riccordi - Jornalista e Militante, Marketing Político

terça-feira, 24 de abril de 2012

Agradecimento a Imprensa - Santiago

Também não poderia deixar de agradecer, ao deixar o cargo, em agradecer a imprensa de Santiago  de que todas as vezes que precisei em todas fui atendido, entre estes cito os profissionais da Rádio Santiago, Rádio verdes Pampas, Rádio Nova 99, Rádio Central FM, Jornal Expresso Ilustrado, Jornal Folha Regional, Blog Júlio Prates, Blog Nova Pauta, Blog Rafael Nemitz, Blog Boqueirão, Blog Leonardo Rosado, Blog opinar Sempre... aos meus amigo(a)s do Facebook, do Orkut, Twitter...meu muito obrigado a todo(a)s.

Deixando o cargo no estado e voltando a Prefeitura

Ontem Segunda -Feira dia 23 de Abril de 2012, estive na Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos/RS, para falar com o Secretario Fabiano Pereira, onde entreguei meu cargo (Assistente da Secretaria) ao Secretario, agradeci pela confiança recebida, onde procurei exercer com dignidade, seriedade e transparência o cargo a mim confiado. O motivo deve-se aos prazos do calendário eleitoral, já que sou Pré-Candidato a vereador na minha cidade, portanto amanhã estou de volta a Prefeitura Municipal de Santiago onde sou servidor publico concursado.

O II Congresso do PTLM/RS - Teve presença do Governador Tarso Genro


Sábado passado dia 21 de Abril, participei juntamente com vários companheiro(a)s de Santiago do II Congresso Estadual do PTLM/RS (Partido dos Trabalhadores de Luta e Massas - Corrente de Opinião  Interna do Partido dos Trabalhadores),  no Auditório Dante Barone - ALERGS ­- onde vários municípios do estado se fizeram presentes, o evento contou com a presença do Governador Tarso Genro e de autoridades estaduais e nacionais, meus parabéns aos companheiro(a)s organizadores do Congresso pelo sucesso do Evento. Abaixo algumas fotos.
 Gilmar Tatto Deputado Federal/SP e Líder do PT na Câmara dos Deputados
 Partido, Partido é dos Trabalhadores!
Governador Tarso Genro
 Após o termino o Secretario Fabiano Pereira e o Governador Tarso Genro tiraram fotos com a militância
 Eu discursando
 Na mesa Cristiano Aquino, Gilmar Tatto, Tarso, Fabiano Pereira e a Presidente da Fase 
 Jorge Coelho (Secretario Nacional de Mobilização do PT) eu e Gilmar Tatto (Deputado Federal/SP e Líder do PT na Câmara dos Deputados)
 Plenário
 Eu e Tâmara Biolo
 Vereador Jorjão Vereador de Santa Maria
Veridiana Vereadora de Guaporé (Pré-Candidata a Prefeita) e Suplente do Senador Paulo Paim

terça-feira, 17 de abril de 2012

Curiosidades sobre as eleições no Brasil

- Getúlio Vargas e Tranquedo  Neves estão entre os 6 presidentes que abandonaram o cargo  ou nem assumiram por problemas de saúde ou morte.

- Durante a ditadura militar, a pesquisa de intenção de voto foi suspensa, e só voltou a ser realizada muitos anos depois, 1978.

- O primeiro estado a possuir urna eletrônica foi Santa Catarina, em 1989, Carlos Prudêncio foi quem implantou o primeiro terminal de votação em Brusque.

-  Getúlio Vargas é quem mais tempo foi presidente. Foram mais de 18 anos. Sem contar interinos, Jânio Quadros foi quem permaneceu menos.

- O Tribunal Superior Eleitoral foi criado em 24 de Fevereiro de 1932 e instalado em  Maio do mesmo ano, com o nome de Tribunal Superior da Justiça Eleitoral. Foi extinto em 1937, com a criação do Estado Novo. Voltou a existir em 1945, com o nome atual e sob a presidência do Ministro  José Linhares.

Por canalvoce

ProUni RS vai beneficiar mais de 1,2 mil estudantes de ensino superior


Com investimento de R$ 43 milhões até 2018, a versão gaúcha do Programa Universidade para Todos (Pro Uni RS) oferecerá 250 bolsas de estudo integral por semestre. O objetivo é beneficiar brasileiros residentes no Estado há pelo menos dois anos. Poderão requerer a bolsa estudantes não portadores de diploma de nível superior com renda familiar mensal per capita de até 1,5 salário mínimo. O ProUni RS será apresentado pelo governador Tarso Genro nesta segunda-feira (16), às 16h, no Salão Alberto Pasqualini do Palácio Piratini durante reunião do Comitê do Pacto Gaúcho Pela Educação Profissionalizante, Técnica e Tecnológica.
Durante a reunião, o governador Tarso Genro assinará o decreto que institui o Conselho Gestor do ProUni RS, composto pelo Gabinete do Governador, as secretarias de Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico (SCIT), de Educação (Seduc) e de Planejamento e Participação Cidadã (Seplag), a Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs), o Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas (Comung), a Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio Grande do Sul (Fapergs), a Assembleia Legislativa do Estado (Alergs) e representações da sociedade civil. O Conselho será gerenciado pela Coordenação do Pacto.
As bolsas de estudo do ProUni RS serão ofertadas através de parcerias com as instituições do Comung para estudantes egressos do ensino médio. O programa visa a atender a demanda de qualificação profissional decorrente dos investimentos previstos no âmbito da política industrial do Estado. Os estudantes serão pré-selecionados pelos resultados e pelo perfil socioeconômico do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ou outros a serem definidos.
Quer saber mais sobre as ações de fomento à educação superior que o Governo está viabilizando? Pergunte ao Governador. Acesse o Governador Responde e envie a sua pergunta.

GOVERNO RS ADERE AO PLANO NACIONAL DE COMBATE AO CRACK!

Foto: Fabiano Pereira - Secretário Justiça e Direitos Humanos

O Governo do Estado oficializará sua adesão ao plano nacional "Crack, é Possível Vencer" nesta terça-feira, 17, às 15h, no Palácio Piratini, com a presença do governador Tarso Genro e dos ministros da Justiça, José Eduardo Cardoso, da Saúde, Alexandre Padilha, e da Secretaria dos Direitos Humanos da Presidência, Maria do Rosário, além do prefeito da Capital, José Fortunati. Porto Alegre será a primeira cidade a receber o projeto-piloto no Rio Grande do Sul. Pela manhã, ocorrerá a implantação da primeira ação do plano. Às 11h, será inaugurado na Vila IAPI (rua 3 de Abril, 90, ao lado Postão do IAPI) o primeiro dos sete Centros de Atendimento Psicossocial Álcool e Drogas (Caps-AD). O Caps funcionará 24 horas.

 
O plano prevê, ainda, na área da saúde, a instalação de quatro consultórios de rua, nove equipes de abordagem, 120 enfermarias especializadas e quatro unidades de atendimento adulto e duas de atendimento infantojuvenil. Para a segurança, serão adquiridas três bases móveis de monitoramento (veículos) e instaladas 60 câmeras de videomonitoramento em pontos estratégicos. Também será realizada a capacitação de 120 profissionais. Já entre as ações de prevenção, estão previstas capacitação de policiais educadores (330 vagas), inclusão de 107 escolas no Programa Educacional de Resistências às Drogas e à Violência (Proerd), criação dos Centros Regionais de Referência para Capacitação (CRRs), com formação presencial de 1 mil policiais civis, guardas municipais e policiais comunitários, e formação a distância de 765 operadores do Direito, 2.040 conselheiros tutelares, 510 profissionais da saúde e assistência social, 510 lideranças religiosas e 255 comunidades terapêuticas.

A implantação dessas ações será dividida entre as secretarias da Justiça e dos Direitos Humanos (SJDH), da Segurança, da Saúde e do Trabalho e Desenvolvimento Social do Governo do Estado e a prefeitura municipal de Porto Alegre. Coordenadora do plano no RS, a SJDH ficará encarregada das ações de prevenção, por meio de iniciativas como as Casas da Juventude. No mês de maio, os espaços serão instalados em três comunidades da Capital: Restinga, Lomba do Pinheiro e Vila Cruzeiro. Nesses locais, serão oferecidas atividades culturais, educativas, de lazer e capacitação profissional.

Outra ação da SJDH é o projeto Porta de Saída. A iniciativa prevê convênios com entidades, como Calábria, Pão dos Pobres e Associação do Bem-Estar da Criança e do Adolescente (Asbem), para oferecer capacitação profissional e inserção no mercado de trabalho dos dependentes após o tratamento. Também caberá à secretaria promover campanhas de prevenção e conscientização, em parceria com demais poderes e sociedade civil. Na opinião do secretário Fabiano Pereira, a união de esforços entre os governos federal, estadual e municipal é o que fará a diferença na luta contra o crack. "Todos vinham fazendo várias ações, mas é a organização dos diversos órgãos que será o diferencial", afirma. Todas as ações previstas na versão gaúcha do plano serão implantadas até 2014. A intenção é de expandir as iniciativas para outros municípios do Rio Grande do Sul durante esse período.

domingo, 15 de abril de 2012

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Segurança -Tarso convida colunista da RBS a também ter vergonha pela situação do Presídio Central

O jornalista David Coimbra perguntou hoje ao governador Tarso Genro, em coluna publicada no jornal Zero Hora, se ele não tinha vergonha da situação do Presídio Central. Para externar sua indignação com a situação dos detentos do presídio gaúcho, o colunista de ZH critica, entre outras coisas, os defensores dos animais e as manifestações a favor das bicicletas. “E os homens martirizados do Presídio Central? Ninguém se importa com eles? Onde está a solidariedade da espécie?” – pergunta Coimbra, que propõe como solução para o problema a privatização dos presídios.

O RS Urgente encaminhou ao governador Tarso Genro três perguntas sobre o tema. Eis as perguntas e a respostas do chefe do Executivo gaúcho:
Governador, qual a reação do senhor ao ver o estado atual do Presídio Central?

Acho que todos os gaúchos estão envergonhados com a situação do Presídio Central. Mas eu, particularmente, sinto-me, além de envergonhado, contente por estar orientando o governo, desde o início da gestão, para incidir fortemente sobre aquela vergonha nacional. Comecei este trabalho na época em que era ministro da Justiça, quando passei vultosos recursos para a reforma do presídio Anibal Bruno, de Pernambuco, que era tão vergonhoso como o Presídio Central. Não consegui mandar recursos para o Rio Grande do Sul porque, naquela época, as autoridades locais não preencheram os requisitos necessários para receber o dinheiro, por razões técnicas ou políticas que desconheço.

Na edição de Zero Hora desta sexta-feira, o colunista David Coimbra pergunta se o senhor “não tem vergonha” da situação. Qual a sua resposta a essa indagação?

Convido o jornalista que escreveu o isento artigo a ter vergonha comigo. Mais vergonha, talvez, porque, afinal, os dois governos que nos precederam foram eleitos com o apoio ostensivo das editorias da rede de comunicação onde ele trabalha. Os últimos oito anos de total descaso com o Presídio Central é que resultaram esta situação dramática que, paulatinamente, vamos corrigir. Ou alguém pensa que drama do presídio é resultado dos últimos 15 meses? Portanto, em oito anos de governos que foram eleitos com o ostensivo apoio dos “formadores de opinião” do jornal ao qual o referido jornalista presta o seu serviço, pouco ou nada foi feito em relação ao Presídio Central.

É bom a gente socializar a vergonha, senão parece que a imprensa é uma estrutura de poder “neutra”, composta só por pessoas puras e dotadas de incrível senso de responsabilidade pública, que não tem nenhuma responsabilidade com o que ocorre na esfera da política e nas decisões de Estado. Eu gostei do artigo. Achei muito bom o texto. Mas como represento uma instituição -o Executivo Estadual- e um projeto político -da Unidade Popular Pelo Rio Grande- convido-o a refletir sobre a herança que recebemos, cuja construção não teve o nosso apoio nem a nossa cumplicidade política, para que todos nos envergonhemos. E para que passemos a trabalhar juntos para construir um novo Rio Grande.

Na sua avaliação, a privatização é uma solução para o problema dos presídios?

Não vamos diminuir ou abdicar das nossas funções, como ocorrido em gestões anteriores. Esta é uma questão constitucional: a custódia dos detentos é responsabilidade do Estado. Qualquer empresa que entra em um negócio visa o lucro e o sistema prisional não serve para isso. Quero deixar claro que não somos contrários às PPPs. Pelo contrário, estamos encaminhando algumas. Mas elas não podem ser feitas no sistema prisional.

Em um passado recente, era de bom tom neoliberal reduzir as funções públicas do Estado, fazer promoções para demissões voluntárias, como ocorreu no governo Britto (referência para alguns como “modelo de gestão”), aplicar brutais arrochos salariais em todos os servidores, principalmente da Susepe, policiais civis e militares, terceirizar serviços e dar isenções fiscais concentradas exclusivamente em grandes empresas, deixando a base produtiva histórica do estado a ver navios. E mais, ainda restam 50 mil ações da Lei Britto para pagar, presente herdado por todos os governos que sucederam o governador Britto, ponto culminante da arrogância neoliberal no nosso estado.

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Minha Casa, Minha Vida melhora a vida das pessoas e impulsiona a economia, diz presidenta Dilma

Presidenta Dilma anunciou o investimento de R$ 2,8 bilhões para construção de moradias populares em municípios com menos de 50 mil habitantes. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
O governo federal vai investir R$ 2,8 bilhões na construção de 107 mil moradias pelo programa Minha Casa, Minha Vida. Serão beneficiadas as famílias com renda mensal de até R$ 1,6 mil que vivem nos pequenas cidades. O anúncio dos 2.582 municípios com até 50 mil habitantes selecionados para esta etapa foi feito hoje (12), em Brasília, pela presidenta Dilma Rousseff. Segundo ela, além de melhorar a vida da população, o Minha Casa, Minha Vida significa “impulso econômico”.
“Nesses municípios, o governo vai investir R$ 2,8 bilhões na primeira etapa. Isso significa levar oportunidade de emprego, gerar e fazer rodar o círculo virtuoso. Porque o comércio local vai se desenvolver, as pessoas vão demandar cimento e, assim, como a gente faz justiça social, a gente faz crescimento econômico. É com a mesma engrenagem que as coisas são produzidas”, disse.
O governo federal vai conceder subsídio de R$ 25 mil por unidade habitacional construída. Nesta segunda fase, a meta do Minha Casa, Minha Vida é construir 2 milhões de moradias até 2014.
“Nós fomos cada vez mais melhorando esse programa. Ninguém achava que se devia dar subsídio para fazer a casa própria. Falar em subsídio no Brasil era tabu. Não era aceitável. E era impossível resolver o problema sem subsídio, porque a renda das pessoas não suportava o custo da produção. Por isso, esse programa reconhece a obrigação do Estado brasileiro com as populações que, ao longo dos anos, foram marginalizadas e excluídas da casa própria.”
Fonte:  http://blog.planalto.gov.br/

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Corsan realiza concurso público - 248 vagas

A Corsan abriu concurso público para os cargos de Agente Administrativo, Agente de Serviços Operacionais, Agente em Tratamento de Água e Esgoto, Bioquímico, Geólogo, Técnico Eletromecânico, Técnico em Edificações, Técnico em Hidrologia, Enfermeiro do Trabalho e Técnico de Segurança do Trabalho. As inscrições para as 248 vagas serão realizadas entre 10 de abril e 8 de maio somente pela Internet no endereço eletrônicowww.msconcursos.com.br .
As informações quanto aos empregos, localização das vagas, forma de inscrição, requisitos e demais condições estão publicadas no site da Corsan,http://www.corsan.com.br/node/714

Minhas fotos no Panoramio e Flickr

Em queda livre, DEM pode fundir-se ao PSDB


Depois do mensalão do Arruda, o envolvimento de Demóstenes com Carlinhos Cachoeira parece decretar o ocaso da legenda. Líderes do partido ainda dizem que aguardarão a resposta das urnas, mas a união com os tucanos já é cogitada.

terça-feira, 10 de abril de 2012

Resultado de Enquete Blog Sergio Marion

Você gostaria de votar para escolher os Conselheiros Tutelares de nossa cidade?

Sim, é um direito meu
  73 (92%)
 
Não, os outros escolhendo ta bom
  6 (7%)
 
Votos até o momento: 79 
Enquete encerrada  

Campanha TRE-RS, Jovem, te liga! Faça seu título de eleitor

Convite Assinatura do Termo de Adesão ao Programa Federal “Crack, é possível vencer”.

Oficio Circular Nº. 213/2012-GAB-SJDH                         Porto Alegre, 04 de abril de 2012. 


Assunto: Convite Assinatura do Termo de Adesão ao Programa Federal “Crack, é possível vencer”. 

                    Prezados(as) Senhor(as), 

                    Ao cumprimentá-los(as) cordialmente, informamos que a assinatura do Termo de Adesão ao Programa Federal "Crack, é possível vencer", será dia 17 de abril de 2012, às 14hs no Palácio Piratini - Auditório Negrinho do Pastoreio, e contará com a presença do Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, Ministra dos Direitos Humanos, Maria do Rosário, Governador do Estado, Tarso Genro e Prefeito Municipal de Porto Alegre, José Fortunati. 

                    O Programa, que conta com as ações integradas entre os Governos Federal, Estadual e Municipal, tem como desafio lidar com os usuários e dependentes e conscientizar a população sobre as conseqüências do uso das drogas, compartilhando compromissos e responsabilidades. 
                   
                   É nessa perspectiva que a Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos integra e coordena o Programa em suas diversas políticas públicas e chama a sociedade para se unir nessa luta, começando por divulgar e participar do evento de assinatura do Termo de Adesão, pois o enfrentamento às drogas é compromisso de todos. 

                   Atenciosamente, 

                                                FABIANO PEREIRA, 
                              Secretário da Justiça e dos Direitos Humanos. 

Depart. Estadual de Politicas Públicas sobre Drogas 
Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos 
Av. Borges de Medeiros, 1501- 11º andar 
Ala Sul- CAFF 
90119-900 
Tel: 3288-9353/9354 
Por: Adriana Aparecida Vizzotto

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Vereador Miguel Bianchini na sede do PT

A reunião desta quinta-feira (05/04/20012) na sede do Partido dos Trabalhadores de Santiago, teve a presença do vereador Miguel Bianchini PPL, o qual foi convidado e aceitou o convite do partido, onde ouviu os companheiros e tambem foi ouvido, a reunião como todas as quintas-feiras estava lotada.

Arquivo do blog