quinta-feira, 31 de maio de 2012

Coligação na Proporcional com o PPL, Sou Contra!

Vendo notícias atuais, é definitivo que o PPL não terá candidato a Prefeito ou a Vice, tiveram a oportunidade, mas rejeitaram, agora restou na proporcional, mas sobre esta proposta tenho minha opinião formada desde o dia 28 de Novembro de 2011 veja: http://sergiomarion.blogspot.com.br/2011/11/minha-posicao-sobre-nao-coligar-na.html , portanto reafirmo, e mantenho minha opinião, SOU CONTRA.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Não Publico Comentários Anônimos - Mas Abri exceção para estes dois

Anônimo 01 -


o 'nosso' representante "esquece" que nos meses em que o trabalho é pouco os trabalhadores rurais são sumariamente demitidos (e na maioria das vezes seus direitos trabalhistas nem são pagos). "Esquece" que os trabalhadores sobrevivem nos cinturões pobres das cidades fazendo 'bicos' e serviços de 'chapas'. E isto nos estados mais adiantados da federação. Aqui mesmo! E olha, durante os períodos de safra e de plantio os poucos trabalhadores que ainda sobrevivem da lavoura são explorados de toda forma, sim. Sem falar dos inevitáveis acidentes com mortes pela falta de equipamentos de segurança e pelas condições perigosas de trabalho. Mas ele está no papel dele. Defendendo a exploração dos pobres e necessitados pelos poderosos que o sustentam. Esta celeuma toda só está acontencendo devido às intensas pressões dos organismos internacionaisw. (Sobre a postagem): O Boqueirão: Ruralistas derrotados


Anônimo 02 - 


seu bobalhao em (Sobre a postagem): Deputado Luis Carlos Heinze PP Explica mas não Justifica


Por estes dois comentários serem antagônicos abri exceção em postar, mas reafirmo  não publico comentários anônimos, talvez você leitor não concorde com minhas opiniões, mas assim como eu tenho a liberdade de expressar o que penso, você também tem, e por mais que suas opiniões sejam contrárias as minhas eu a respeito e as publico desde que você se identifique, assim teremos uma troca de idéias e podemos aprender um com o outro, mas mensagens anônimas, covardes e vocabulário de baixo escalão não é a proposta deste blog quando criei, portanto participe, opine, critique, mas peço identifique-se.

domingo, 27 de maio de 2012

Deputado Luis Carlos Heinze PP Explica mas não Justifica

Deputado Luis Carlos Heinze PP, explica, porque votou a favor do trabalho escravo no Brasil, para mim explicou, mas não justificou, no vídeo aparece nervoso e com ares de quem se arrependeu do voto e da repercussão,  também acho que votou coerente com quem ele defende, os fazendeiros, o que acho errado é que em época de eleição em vez de pedir votos a estes a quem defende "os fazendeiros", não, vem pedir votos e mentir que defende os trabalhadores,  o qual provou que não tem nem um compromisso com a classe trabalhadora. veja o vídeo da explicação do deputadoe tire suas conclusões. http://www.youtube.com/watch?v=Ju3eRrqb3GA

quinta-feira, 24 de maio de 2012

O Boqueirão: Ruralistas derrotados

O Boqueirão: Ruralistas derrotados: Trabalho escravo: ruralistas derrotados Por Altamiro Borges * A bancada ruralista, que se jactava da sua força no Congresso ...

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Luis Carlos Heinze (PP) – Apoia o Trabalho Escravo no Brasil



Câmara aprova PEC do Trabalho Escravo com 360 votos favoráveis

Dois deputados gaúchos votaram contra o projeto que prevê expropriação de terras que mantêm a prática

A Câmara dos Deputados acaba de aprovar, em segundo turno, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Trabalho Escravo por 360 votos favoráveis, 29 contrários e 25 abstenções. Com isso, a matéria volta ao Senado Federal para votações em dois turnos. 

Dois parlamentares gaúchos votaram contra o texto aprovado: Alceu Moreira (PMDB) e Luiz Carlos Heinze (PP). O presidente da Câmara, Marco Maia, não votou respeitando o artigo 17 que prevê sua abstenção. 

A PEC foi à votação depois de dez anos tramitando no Congresso. A votação em primeiro turno ocorreu em agosto de 2004. A pressão em favor do texto é grande e conta com a participação de organizações não governamentais ligadas à defesa dos direitos humanos, de centrais sindicais e do próprio governo, que estão se mobilizando desde o ano passado para garantir a aprovação.

O artigo mais polêmico trata da expropriação de terras no caso de propriedades rurais que utilizam a prática em seus cultivos. Os parlamentares que são contra a PEC queriam uma definição mais precisa sobre a perda da propriedade, se comprovada responsabilidade sobre a manutenção de trabalhadores em situação análoga à escravidão. Os deputados da bancada ruralista consideraram o texto da PEC genérico, pois não detalha com exatidão os conceitos de trabalho escravo e trabalho degradante.

Na semana passada, após diversos debates sobre o texto, deputados e senadores fecharam um acordo. Quando a Câmara aprovar o projeto, o Senado deve incluir no texto a regulamentação por meio de projeto de lei complementar (PLC). Esse PLC deverá detalhar o que caracteriza trabalho escravo, o que é trabalho degradante e como será feita a punição de quem promove a atividade – que pode chegar à expropriação dos imóveis urbanos e rurais daqueles que forem flagrados utilizando esse tipo de mão de obra. 

Confira os votos dos parlamentares do RS:


Alceu Moreira (PMDB) – Não
Alexandre Roso (PSB) – Sim
Assis Melo (PC do B) – Sim
Bohn Gass (PT) – Sim
Danrlei de Deus Hinterholz (PSD) – Sim
Darcísio Perondi (PMDB) – Sim
Eliseu Padilha (PMDB) – Sim
Fernando Marroni (PT) – Sim
Giovani Cherini (PDT) – Sim
Henrique Fontana (PT) – Sim
José Stédile (PSB) – Sim
Luis Carlos Heinze (PP) – Não
Luiz Noé (PSB) – Sim
Manuela D`ávila (PC do B) – Sim
Marco Maia (PT) – Art. 17
Marcon (PT) – Sim
Osmar Terra (PMDB) – Sim
Paulo Ferreira (PT) – Sim
Paulo Pimenta (PT) – Sim
Renato Molling (PP) – Sim
Ronaldo Nogueira (PTB) – Sim
Ronaldo Zulke (PT) – Sim
Sérgio Moraes (PTB) – Sim
Vieira da Cunha (PDT) – Sim 

Minha Opinião: É em votações como estas que se conhece que Partido e Candidato é a favor do trabalhador, o Deputado Federal Luis Carlos Henzie PP o mais votado em Santiago apoia o trabalho escravo, pois votou NÃO a PEC DO TRABALHO ESCRAVO  e seu  partido é aquele que faz propaganda e diz ser "Primeiro as Pessoas" quanta ironia, este mesmo partido tem pretensões de governar nosso estado, e este deputado  é cogitado a Vice-Governador, o partido e o deputado mostraram nesta votação quem realmente defendem, tenha certeza TRABALHADOR NÃO É VOCÊ!!!

terça-feira, 22 de maio de 2012

Obrigado a todo(a)s os Colegas da Prefeitura!

Fiquei feliz ao retornar a prefeitura, onde estava cedido a Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos/RS, fui muito bem recebido pelos colegas, recebi várias manifestações de carinho, como esta (abaixo), enviada por um de meus colegas, só tenho que agradecer a todo(a)s pela recepção, Que Deus abençõe a todos!!!
 
Mensagem: 


"caro colega é com muito prazer que te recebemos novamente na prefeitura tu sabe que te  querem bem pois tu é uma pessoa simples nao desconhece os amigos em lugar nenhum tenho muito respeito pela tua pessoa gosto do teu trabalho tu é uma pessoa legal."

Carlos Alberto Gireli Santos

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Fui Diplomado pela Universidade Federal de Santa Catarina

Participei do Curso de Prevenção ao uso indevido de drogas - Capacitação para Conselheiros e Lideranças Comunitárias - 4ª Edição, Promoção UFSC, Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas, Governo Federal.
Clique na imagem para Ampliar

terça-feira, 15 de maio de 2012

Governo do Estado apresenta sistema de acesso às informações públicas


O governador do Estado, Tarso Genro, vai apresentar à sociedade gaúcha, nesta quarta-feira (16), às 14h, no Galpão Crioulo do Palácio Piratini, o sistema eletrônico de acesso aos dados públicos do Poder Executivo, conforme determina a Lei Federal 12.527/11 de Acesso à Informação, que entra em vigor neste dia. Conforme a nova lei, instituições públicas e ONGs mantidas com recursos governamentais terão que disponibilizar serviços de atendimento aos cidadãos para que obtenham dados de interesse coletivo sem a necessidade de justificativa.
Durante a solenidade, será apresentado o site desenvolvido pela Procergs www.acessoainformacao.rs.gov.br, onde os cidadãos poderão preencher um formulário encaminhando seu questionamento. O Rio Grande do Sul é o único Estado em que o Poder Executivo está trabalhando com sistema informatizado, a exemplo da Presidência da República. Também será disponibilizado um guichê no Centro Administrativo (Caff) com atendentes e computadores para o envio dos pedidos de informação. O órgão público terá até 20 dias, prorrogáveis por mais 10, para fornecer a resposta.
De acordo com a Subchefe de Ética, Controle Público e Transparência, Juliana Foernges, que coordena a implantação da Lei no Executivo Estadual, o RS está inovando ao disponibilizar algumas informações em formato aberto: "Qualquer pessoa, livremente, poderá utilizar, cruzar e compartilhar os dados abertos, o que possibilita uma livre e própria interpretação das informações e dos números do Estado" explica.

Em atendimento à Lei Federal, o conteúdo do site será disponibilizado, também, através de aplicativos auditivos, bem como por dispositivos para aumentar e diminuir o tamanho da fonte, facilitando o acesso a deficientes visuais.
Entre as informações que poderão ser acessadas via site, estão as licitações e os contratos firmados pelo Estado, os projetos monitorados pelo Governo (acompanhando os trabalhos da Sala de Gestão) e as informações relativas aos cargos e vencimentos dos servidores públicos estaduais.

Texto: Letícia Vargas
Edição: Redação Secom (51)3210-4305 www.estado.rs.gov.br

domingo, 13 de maio de 2012

Trabalhadores domésticos também terão direito ao seguro-desemprego


Foi aprovado nesta quarta-feira (9) pelo Senado o seguro-desemprego para empregados domésticos. O PL-678, de 2011, irá garantir que o trabalhador com carteira assinada que for demitido, independentemente de o patrão depositar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), tenha direito ao pagamento.
Segundo a presidente da Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas (Fenatrad), Creuza de Oliveira, apenas 6% dos empregados domésticos terão direito ao seguro-desemprego pelo fato de nem todos trabalharem com carteira assinada. Para ela, o governo deve assumir o compromisso da Convenção 189 e a Recomendação 201 da Organização Internacional do Trabalho (OIT). “Nós estamos lutando para que a ratificação da convenção conserte essa disparidade de leis diferenciadas para as categorias de trabalhadoras domésticas”, disse em entrevista à Rádio Brasil Atual.
As medidas aprovadas em junho do ano passado pela OIT garantem às domésticas o reconhecimento de horas extras em caso de atividade que ultrapasse oito horas diárias, 44 horas semanais e adicional noturno. Os cadastrados no FGTS terão seguro-desemprego por até seis meses e os que não tiverem inscrição, apenas por três.
Creuza discorda do texto e ressalta que deve ser alterado. “Fica complicado porque lutamos por direitos iguais. Se continuar assim, a categoria será tratada de forma diferenciada e sempre com desigualdades”, afirmou.
Com informações da Rede Brasil Atual / http://sul21.com.br

Galeria de Blog do Planalto

http://www.flickr.com/photos/blogplanalto/

No Dia das Mães, Dilma lança o Brasil Carinhoso, que combaterá a pobreza na primeira infância


A presidenta Dilma Rousseff anunciou hoje (13), durante o pronunciamento do Dia das Mães, o lançamento do Brasil Carinhoso, que reune ações voltadas para a primeira infância. Segundo a presidenta, o programa, que faz parte do Brasil Sem Miséria, será a mais importante ação de combate à pobreza absoluta na primeira infância já lançada no Brasil.

“Como outros programas do Brasil Sem Miséria, ele será uma parceria dos governos federal, estaduais e municipais e terá três eixos principais. O primeiro, e muito importante, vai garantir uma renda mínima de R$ 70,00 a cada membro das famílias extremamente pobres que tenham pelo menos uma criança de 0 a 6 anos. É uma ampliação e um reforço muito importante ao Bolsa Família. Isso, aliás, tem sido uma prática bem-sucedida do Brasil Sem Miséria”.

No pronunciamento, a presidenta explicou que os dois outros eixos do Brasil Carinhoso consistem no aumento do acesso das crianças muito pobres à creche e na ampliação da cobertura dos programas de saúde para elas. Na área da saúde, o Brasil Carinhoso fará um amplo controle da anemia e da deficiência de vitamina A nas crianças, além de introduzir remédio gratuito contra asma nas unidades do Aqui Tem Farmácia Popular.

“Quero enfatizar a importância de se ampliar efetivamente o acesso das crianças pobres às creches. E creche significa mais que um teto ocasional para essas crianças. A creche significa saúde, educação, comida, conforto, lazer e higiene. Significa atacar pela raiz a desigualdade. Para ampliar essa cobertura, vamos construir novas creches e, especialmente, ampliar e estimular convênios com entidades públicas e privadas”.

De acordo com a presidenta, 78% das crianças brasileiras em situação de pobreza absoluta vivem no Norte e no Nordeste, e por isso, o Brasil Carinhoso, mesmo sendo uma ação nacional, vai olhar com máxima atenção para as crianças destas duas regiões.

terça-feira, 8 de maio de 2012

Dep. Federal Roberto Freire cai na pegadinha do G17

O Dep. Federal Roberto Freire cai na pegadinha do G17 (Site de humor), o deputado acreditou na notícia que a Presidenta Dilma pediu ao  Banco Central para tirar a frase "Deus seja louvado" das notas e que colocassem a frase "Lula seja louvado" e o deputado não perdeu tempo e "baixou a lenha na Presidenta", claro muitos internautas tiraram chacota do deputado.

Depois o deputado se desculpou pela gafe.

Roberto Freire - 
Já me desculpei pela veiculação algo tão ignominioso-noticia alteração cédulas pelo BC- que só poderia ser falso.Infelizmente me equivoquei.

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Lei de Acesso a Informação Pública entra em vigor em 10 dias


A lei coloca fim ao sigilo eterno de documentos ultrassecretos e estipula mecanismos para a divulgação e pedidos de informação nos órgãos públicos dos três poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário.
Um importante passo para a consolidação da democracia, a Lei 12.527 de acesso a informação pública, sancionada em novembro de 2011 pela presidente Dilma Rousseff, entrará em vigor no dia 16 de maio de 2012. O autor da proposta 219/2003 que deu início na Câmara às discussões sobre o assunto, deputado federal Reginaldo Lopes, (PT/MG), disse que a sanção regulamenta não só o acesso às informações públicas, mas também fortalece a democracia.  “Nenhuma democracia no mundo se consolida sem transparência. A Constituição de 1988 previa o direito à informação, mas na prática não havia incentivos para isso”, complementou.
A lei coloca fim ao sigilo eterno de documentos ultrassecretos e estipula mecanismos para a divulgação e pedidos de informação nos órgãos públicos dos três poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário. O texto também atinge as autarquias, fundações públicas, empresas públicas, sociedades de economia mista e demais entidades controladas direta ou indiretamente pela União, Estados, Distrito Federal e municípios.

A partir do dia 16 de maio, cada órgão público será obrigado a publicar em páginas próprias na internet, informações completas sobre sua atuação, contratos, licitações, gastos com obras, repasses ou transferências de recursos. “É claro que isso representa uma mudança significativa e que haverá custos para a implantação. Mas acredito que esta é uma obrigação do poder público e muitos países já conseguiram, com sucesso, colocar o projeto em prática”, informou Reginaldo Lopes.

Um dos principais tópicos da proposta, segundo o deputado, é o fim do sigilo eterno e a determinação de que nenhum documento poderá ficar por mais de 50 anos sem acesso público. A partir de agora, as informações serão classificadas em três categorias: reservadas (5 anos de sigilo), secretas (15 anos) e ultrassecretas (25 anos), não podendo ter o prazo de sigilo renovado por mais de uma vez. A contagem do prazo começa a partir da produção do documento. Atualmente, um documento pode ser classificado por 30 anos, mas este prazo pode ser prorrogado indefinidamente.
O parlamentar acredita que a Lei é uma aliada, de certa forma, da Ficha Limpa, pois também tenta combater a corrupção. “Qualquer cidadão pode requerer documentos, mas é importante destacar que os órgãos públicos terão prazos para a entrega do material requerido”, lembrou.
Os mesmos órgãos responsáveis pela fiscalização dos órgãos públicos atualmente, como o Tribunal de Contas e o Ministério Público da União, deverão acompanhar a aplicação da legislação. “E no caso da informação ser negada, o requerente deve entrar com recurso no prazo de 10 dias em instância superior”, ressaltou.

domingo, 6 de maio de 2012

Município (Alvorada) é Destaque em Tecnologia


Alvorada figura entre as primeiras do Ranking Motorola das Cidades Digitais 2011

Alvorada figura entre as primeiras do Ranking Motorola das Cidades Digitais 2011, que indica maior grau de digitalização. As ações voltadas à área de tecnologia renderam a Alvorada um importante destaque neste ano: está entre as primeiras colocadas do Ranking Motorola das Cidades Digitais 2011. Apresentado em novembro, o levantamento indica os 25 municípios latino-americanos com maior grau de digitalização em sete áreas . 
O resultado do sub-ranking Educação pública mostra, além de São Paulo, outras sete cidades brasileiras na lista das 25 líderes: Alvorada e Porto Alegre (RS), Foz do Iguaçu, Itapema (SC), São José dos campos (SP), Tauá (CE) e Volta Redonda (RJ). Segurança, Gestão, Saúde e Educação são os setores onde a Administração Municipal implantou o programa Cidade Digital.
 A proposta visa a atender a demanda atual de crescimento e fortalecimento da cidade, tendo como objetivo a modernização da gestão pública, interligando a Prefeitura com a comunidade, servidores, escolas, postos de saúde e demais órgãos. O Cidade Digital prevê ainda inúmeras ações para garantir um melhor atendimento aos contribuintes. Também capacita servidores e melhora equipamentos e sistemas de gestão utilizados no serviço público municipal.
Fonte: Portal do Cidadão

Cidades Digitais

As cidades digitais no mapa do Brasil: uma rota pra a inclusão social

O uso cada vez maior das tecnologias de comunicação e informação - as chamadas TIC's - estão contribuindo para a consolidação da sociedade informacional, onde o conhecimento e o fluxo de informação passam a ser componentes essenciais na geração de riqueza e bem estar da sociedade.

Há quem compare o papel transformador do espaço urbano desempenhado pelas novas TICs e a infraestrutura de telecomunicações ao ocorrido com o advento de outras tecnologias ao longo do processo de civilização, como o aqueduto e a ferrovia.

Mais do que replicar o que existe no ambiente urbano real no mundo virtual ou de abrir novos mercados consumidores, a oferta de serviços públicos e privados tendo por base as redes digitais são uma maneira de criar novas oportunidades para o desenvolvimento humano, social e econômico de uma sociedade. Elaborar políticas e criar mecanismos para incluir digitalmente determinados grupos de indivíduos, que por motivos diversos ficaram fora desse processo, é uma oportunidade única de reparar dívidas sociais e gerar avanços significativos para toda a sociedade. É neste contexto que as cidades digitais estão surgindo no Brasil, fruto de iniciativas de todos os setores da sociedade e de um importante papel desempenhado pelos governos municipal, estadual e federal.

Entretanto, o entendimento do que se constitui uma cidade digital é fundamental para o desenvolvimento e a consolidação da sociedade informacional, de forma que os atores responsáveis pela urbanização digital de suas cidades possam estabelecer um plano diretor em função dos objetivos estabelecidos e dos recursos disponíveis.

Por cidade digital pode ser entendido aquela que oferta à sua população informações e serviços públicos e privados em ambiente virtual apresentando em toda a sua extensão, infraestrutura de telecomunicações e Internet, tanto para acesso individual quanto público.

Um conjunto de fatores como a oferta de serviços em ambiente virtual integrado, uma infraestrutura de rede, de acesso e de transmissão, concebida para facilitar o cotidiano das pessoas e conduzi-las a novos patamares sociais e econômicos que determinam o grau de urbanização digital em que a cidade se encontra. Tais fatores constituem a espinha dorsal dos programas de inclusão e uma visão sobre esse quadro auxilia a elaboração de políticas nas diversas esferas de governos.

O acesso ao mundo digital não é condição suficiente para que se esteja assegurado o uso efetivo dos meios de informação e comunicação em rede. Aos digitalmente excluídos, é necessário valer-se de outros recursos de acesso voltados à acessibilidade, usabilidade e inteligibilidade e que sejam disponibilizados a todos os indivíduos.

Em uma cidade, a ferramenta mais adequada para equacionar e estabelecer políticas públicas voltadas para a criação de espaços coletivos, com acesso livre e democrático que permitam a integração e inclusão das comunidades no mundo virtual é o seu plano diretor, que deve ser definido de maneira inteligente e proativa.

Fonte: Livro "As cidades digitais no mapa do Brasil: uma rota pra a inclusão social / Átila A. Souto, Juliano C. Dall' Antonia, Giovanni M. de Holanda (organizadores). - Brasília, DF: Ministério das Comunicações, 2006 il.

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Sinalização Já !

Cidadão Santiaguense faz seu protesto no Facebook Veja:

"Absurdo Total! hoje ao meio dia quando retornava para casa, ao atravessar no local da antiga faixa de segurança em frente a Caixa Econômica Federal de Santiago-RS, quase que sou atropelado por um "Motorista Prematuro" que não respeitou meu direito como pedestre ao atravessar a rua. "


"Ficam 2 questionamentos, que tipo de educação de trânsito estão recebendo esta GURIZADA? Cadê a faixa de segurança com pintura reforçada que deveria estar ali Sr. PREFEITO? Ou melhor, Sr. Secretário de Obras e Viação?" Lucas F.

terça-feira, 1 de maio de 2012

18 Anos sem Ayrton Senna

Hoje dia 1º Maio de 2012 dia do Trabalhador, neste mesmo dia 1º de Maio de 1994, na curva de Tamburello, em Imola, o Brasil perdia seu grande herói, um dos maiores pilotos da história do Automobilismo Mundial Ayrton Senna, ao lembrar de Aryton Senna me emociono, pois me alegrava com suas vitórias aos domingos, morreu o homem, ficou o mito (lenda).
 Ayrton Semna
"Seja você quem for, seja qual for a posição social que você tenha na vida, a mais alta ou a mais baixa, tenha sempre como meta muita força, muita determinação e sempre faça tudo com muito amor e com muita fé em Deus, que um dia você chega lá. De alguma maneira você chega lá."
Frase: Ayrton Senna

Arquivo do blog