segunda-feira, 18 de junho de 2012

Senadora Ana Amélia x Sérgio Marion

Primeiramente gostaria de pedir desculpas aos meus leitores pela demora de postar informações sobre a convenção do nosso partido (PT Santiago/RS) ocorrido no último sábado, onde definimos os rumos de nosso partido na questão de coligações, nomes de pré-candidatos a vereadores e na questão da majoritária, a demora se deu por motivo de eu estar nervoso com o resultado e não queria me manifestar com este sentimento, o motivo foi simplesmente este.

Agora já tranquilo passo a informação de que a convenção foi uma aula de democracia, vários companheiros presentes, todos tiveram a oportunidade de expressar o que pensavam, todos os companheiros do diretório tiveram a liberdade de votar, onde fui um dos que usaram a palavra para dizer o que eu pensava sobre os assuntos em pauta e complementando dei meu voto, contrário a qualquer tipo de coligação na proporcional e aprovando o nome do companheiro Bueno a Prefeito e deixando aberto a possíveis coligações, tenho certeza que meus companheiro(a)s apesar de alguns não votarem no que eu defendia, me respeitaram pela firmeza e sinceridade como expressei minha opinião, como também respeitei as suas, no final  fui derrotado na votação na questão da coligação na proporcional por 12 x 04. 

Nesta convenção lembrei do caso da Senadora Ana Amélia PP que queria que seu partido municipal em Porto Alegre apoia-se a pré-candidata Manuela do PCdoB a Prefeita, mas foi derrotada na convenção de seu partido, onde mesmo assim contrariando seu partido ela abriu apoio a Manuela, mas eu confesso que no calor do debate da uma certa vontade de continuar com nossa opinião, mas logo depois de pensarmos e estarmos de cabeça fria percebemos que se somos democráticos como muitas vezes falamos em nossos discursos, temos que acatar a decisão da maioria, e é o que vou fazer,  o partido pode contar com toda minha dedicação, serei o cabo eleitoral numero 1 do companheiro Bueno.

E lendo em alguns blogs li várias leituras e comentários sobre a decisão do nosso partido, uns "analistas" correm um serio risco de tirar o emprego da "Mãe Dina" (aquela famosa vidente), pois ja sabem quem esta eleito e quem não esta, até parece que nem eleição precisaria, mas primeiramente gostaria de dizer que acredito em mim mesmo como também tenho vários amigos (as)  que aprovam meu esforço e trabalho que tenho junto a comunidade e por este motivo não tenho medo de disputar espaço com quem quer que seja, e para quem acha que irei desmotivado estará completamente enganado, entro para ganhar até no par ou ímpar. 

Um comentário:

Anônimo disse...

Parabens Marion, segue firme!

abraço

Arquivo do blog